segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Jota Santiago de Casa Nova!

JOTA SANTIAGO É O NOVO CONTRATADO DA BRADESCO ESPORTES FM RIO


Mais uma novidade na Bradesco Esportes FM do Rio de Janeiro. Informa o Rádio de Verdade, que Edilson Silva, comandante da emissora, confirmou a contratação do narrador Jota Santiago. Ele começa os trabalhos na nova emissora em janeiro próximo.

Jota Santiago teve forte passagem pela Rádio Tupi, de onde foi demitido em julho deste ano.

Fonte:ESPORTEEMIDIA.COM

A Turma do Bate Bola da Rádio Itatiaia tem novo contratado.

EMERSON PANCIERI É O NOVO CONTRATADO DA EQUIPE ESPORTIVA DA RÁDIO ITATIAIA



Foi apresentado nesta sexta-feira (9), durante o programa 'A Turma do Bate Bola', o novo contratado da equipe de esporte da Rádio Itatiaia de Belo Horizonte. Trata-se de Emerson Pancieri que era da Rádio Globo (BH). Como se sabe, no começo da semana, a Globo demitiu toda sua equipe e está prestes a encerrar suas atividades.

Fonte:ESPORTEEMIDIA.COM

Programa Paixão Lusa da Rádio Trianon AM 740 com novidade!

Gil Gomes está de volta ao rádio


Um dos repórteres mais famosos do jornalismo brasileiro está de volta às ondas do rádio. Gil Gomes, que marcou época com programas policiais, agora fala de esportes e é colunista do programa Paixão Lusa da Rádio Trianon AM 740. Torcedor assumido da Portuguesa de Desportos, ele participa do programa às segundas, quartas e sextas-feiras para falar sobre o Clube do coração. Sua estreia aconteceu no último dia 21 e foi bem recebida pelos ouvintes e torcedores. O Paixão Lusa é um programa diário apresentado por Antônio Quintal, Claudia Alves e Don Roberto Costa, a partir das 20 horas.

por: Anderson Cheni

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Mais que Justa Homenagem!

SPORTV MOSTRA CANAIS CONCORRENTES HOMENAGEANDO VÍTIMAS DE TRAGÉDIA


Os profissionais de imprensa que irão trabalhar no jogo entre Grêmio e Atlético-MG, nesta quinta-feira, na arena tricolor, pela final da Copa do Brasil, vão fazer uma homenagem às vítimas da tragédia com o avião da Chapecoense. Os jornalistas do SporTV e de outras emissoras usarão camisas verdes com o logo do clube e da Associação Brasileira de Imprensa.

"Estamos irmanados nessa profunda dor, nessa trágica situação que envolveu colegas e amigos próximos, a delegação da chapecoense. O time perdeu quase todos seus jogadores, dirigentes. O futebol brasileiro viveu uma grande tragédia", disse o narrador Luiz Carlos Jr.

Torcedores também exibem faixas de apoio à Chapecoense na Arena do Grêmio. Além de jogadores e dirigentes da Chape, morreram no acidente com o avião 20 jornalistas, entres eles profissionais da TV Globo e Fox Sports. O canal chegou a mostrar os canais concorrentes fazendo a homenagem, conforme visto na foto acima.

Fonte:ESPORTEEMIDIA.COM

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

SGR sendo destruído aos poucos!

Novas demissões nas rádios Globo e CBN


Depois de dispensarem os funcionários da Globo Minas, o Sistema Globo de Rádio promoveu uma série de demissões no dia de hoje. Foram demitidos: o locutor esportivo Evaldo José, Alexandre Ferreira, Silvana Maciel, Daniela Cohen, Ricardo Juarez, Carla Matera, Leandro Lacerda, Felippe Cardoso, Diana Rogers, Marco Antônio de Jesus, Ceci Mello, Emerson Rocha, Marcelo Louro, Thiaguinho (marketing).

No SGR em São Paulo foram dispensados o comentarista Osvaldo Pascoal, Maércio Ramos (Morcegão), Mário Duarte,  Jesse Nascimento, o produtor Guilherme Cimatti, Albino (informática). Foram demitidos ainda Amaral, Alemão e mais 2 operadores.

A cada hora novos nomes estão surgindo e a apuração vai sendo feita de maneira cuidadosa, já que estamos falando da vida profissional de companheiros.

A Rádio Globo andando pra trás

Alexandre Ferreira é demitido da Rádio Globo Rio


Alexandre Ferreira anunciou a sua demissão pelo Facebook. 

Que dia triste, muito triste. Amanhã não estarei mais acordando o Rio como vinha fazendo há bastante tempo. Quem me conhece pode imaginar como está meu coração. Doído, em frangalhos. Por mim e pelos dezenas de colegas que, assim como eu, estão 'fechando este ciclo'. Havia muito amor envolvido, muita paixão e dedicação. Vai levar um tempo para cicatrizar. Mas vai! A vida segue e outras oportunidades surgirão. Foram praticamente 17 anos, desde que cheguei na 98FM para cobrir férias. Enfim... tenho muito o que contar e agradecer. Amanhã, aqui pelo Face, falamos mais, ok? Meu abraço e solidariedade aos colegas, grandes amigos, profissionais da maior competência, que também estão deixando o SGR. Nos últimos anos (especialmente neste 2016) foram muitos. Como já disseram por aqui, daria para montar várias grandes emissoras, tamanho o talento desta turma. Desculpe o 'textão'. Abraços a todos.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

SGR de SP Demite funcionários experientes!

SISTEMA GLOBO DE RÁDIO DISPENSA OSVALDO PASCOAL E EVALDO JOSÉ


A onda de cortes no Sistema Globo de Rádio (SGR) que teve inicio nesta segunda-feira em Minas Gerais, prosseguiu nessa terça-feira (6), segundo o Blog do Anderson Cheni. Em São Paulo foram dispensados o comentarista Osvaldo Pascoal, o repórter e apresentador Maércio Ramos, o repórter esportivo e atual chefe de reportagem, Jesse Nascimento e o produtor Guilherme Cimatti. Com exceção do último, os demais estavam na emissora há mais de 14 anos.

No Rio de Janeiro foram dispensados Diana Rogers, Silvana Maciel, Ceci Mello, Marco Antônio de Jesus e o narrador Evaldo José que escreveu em sua página na internet: 'Agradecer e ...seguir! Orgulho de ter integrado o timaço da CBN que durante mais de uma década transmitiu jogos nos estádios por esse mundão afora. Do traço na audiência para uma consolidada terceira posição. Errei. Aprendi. Cresci como gente e como profissional. Fiz muitos amigos. Maior ganho desse tempo tão especial. Sem mágoas. Apenas gratidão! Força para todos os colegas. Os que saem e os que ficam. Você, a bola e eu!'. 

Em Minas Gerais, a Rádio Globo deixa de existir a partir do dia 12 de dezembro, dando lugar a CBN que passa a ser transmitida também na frequência AM. Entre os demitidos em BH está o locutor Osvaldo Reis, o 'Pequetito'.

Fonte:ESPORTEEMIDIA.COM

Rádio Globo fecha as portas em BH

Em Belo Horizonte, Rádio Globo sai do ar e dará lugar à CBN

Guilherme Ibraim , Osvaldo Reis o “Pequitito”, Henrique Fernandes e Rodrigo Pires Equipe esportiva da Rádio Globo/CBN na copa de 2014. Foto: Divulgação

Má notícia para o mercado de Belo Horizonte. A Rádio Globo acabou com toda sua programação local. Com isso, quase todos os integrantes da equipe esportiva foram dispensados: Oswaldo Reis, o Pequetito, Vinicius Grissi, Émerson Pancieri e Marcos Guiotti, além de profissionais da equipe técnica e outros funcionários.  A partir do dia 12 de dezembro, a frequência dos 1150Khz será ocupada pela CBN. Com isso, Hércules Santos, que ficou na empresa, vai migrar para a emissora de perfil noticioso do Sistema Globo de Rádio.

sábado, 12 de novembro de 2016

Mais uma demissão de impacto no SGR

Laércio Maciel demitido da Rádio Globo

As coisas  estão realmente mudando  muito no rádio, e quando falamos então do Sistema Globo de Rádio, a situação fica ainda mais preocupante. A  empresa  que é responsável pelas rádios Globo e CBN demitiu nessa sexta-feira o comunicador Laércio Maciel. 

Láercio está no SGR há mais de 20 anos, chegou junto com Heródoto Barbeiro na CBN onde foi locutor por anos e depois da morte do jornalista Miguel Dias em 2002 assumiu de vez as Manhãs da Globo. Hoje após apresentar normalmente o programa que apresentava com maestria há quase  15 anos de segunda  a sábado, das 10h05 às 13 horas recebeu a informação que estava fora da emissora. Como de costume nesses casos se que teve a oportunidade de agradecer aos ouvintes, muitos ainda nem sabem de sua saída. 

A emissora ainda não informou se o "Manhã da Globo" vai continuar e muito menos que vai assumir o comando da atração que tem ótima audiência e um público fiel.  As recentes demissões não pouparam os funcionários mais antigo tanto de Globo como CBN, seja no Rio ou em São Paulo,  episódios como esse  indicam que a renovação será completa, partindo principalmente dos funcionários mais antigos nas emissoras.

Por: Anderson Cheni

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Álvaro José pode esta de casa nova!

Álvaro José pode ser anunciado como reforço do FOX Sports


Publica o UOL, por Flávio Ricco, que até com certa intensidade o nome de Álvaro José circulou em alguns setores do FOX Sports nesta semana, dando conta que sua contratação poderia ser anunciada nos próximos dias.

Por sua vez, na Band, atual emissora de Álvaro, a informação é que está "tudo normal" em relação ao jornalista.

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

BandNews FM estreia o historiador Leandro Karnal como colunista em sua grade

Historiador debate temas que mexem com o cotidiano dos brasileiros. Foto: BandNews

A BandNews FM 96.9 de São Paulo passa a contar com mais uma novidade em sua grade. O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais mais admirados no Brasil, inicia sua participação na grade da emissora nesta terça-feira (1º). Karnal será colunista da emissora com o quadro Careca de Saber, e terá sua coluna veiculada durante a grade diária.

O historiador, doutor em história social pela Universidade de São Paulo e professor na Universidade de Campinas é autor ou co-autor de mais de dez livros, alguns dos quais estão entre os mais vendidos do Brasil. Karnal também é membro do conselho editorial de revistas científicas e escreve para o jornal O Estado de São Paulo.

Às terças, Leandro Karnal vai conversar ao vivo com Ricardo Boechat, às 8h20. O papo será reprisado ao longo da programação: às 10h40 para os ouvintes de São Paulo; 13h40, 17h57 e às 21h40. Às quintas, uma coluna inédita será exibida nesses mesmos horários, com exceção de 8h20. As participações também serão reprisadas aos fins de semana.

Estudioso do comportamento humano, suas palestras e entrevistas são assistidas por milhares de pessoas, o que lhe rendeu uma grande popularidade entre pessoas de todas as faixas etárias e classes sociais. Karnal é historiador, professor universitário e autor de diversos livros.

Fonte: Tudo Rádio

CBN Salvador demite funcionários e encerra as atividades

CBN Salvador encerra as atividades  




A Rádio CBN Salvador encerrou as atividades nesta terça-feira (1) e demitiu os funcionários da empresa após reunião pela manhã. Depois de seis anos operando na capital baiana, a rádio vai desocupar faixa 91,3 FM e dará lugar a rádio paulista Jovem Pan.

A decisão pegou os funcionários de surpresa. Desde 2010 a emissora pertencia a Rede Bahia e era uma das afiliadas da Central Brasileira de Noticias.

Por: radiodeverdade

terça-feira, 25 de outubro de 2016

QUE DEUS O TENHA CAPITÃO!

Aos 72, morre Carlos Alberto Torres, o maior dos capitães do futebol brasileiro


A braçadeira de capitão sempre lhe caiu bem. Porte esguio, olhar penetrante, personalidade marcante. Não tinha jogador que não ouvisse com atenção suas observações, seus conselhos ou, na pior das hipóteses, suas broncas. Nem Pelé escapava, e foram  muitas as vezes em que precisou até baixar a cabeça. E foi esse grande capitão que o futebol brasileiro e o mundo perderam nesta terça-feira, aos 72 anos. Morreu na manhã desta terça-feira, no Rio de Janeiro, vítima de enfarte fulminante, Carlos Alberto Torres, atualmente comentarista do SporTV. Nome e sobrenome de craque. O homem do tricampeonato mundial em 1970, que beijou e levantou a Taça Jules Rimet. O pai de Andrea e de Alexandre Torres, zagueiro que atuou no Fluminense e no Vasco.

Casado três vezes - uma das esposas foi a atriz Terezinha Sodré -, o capitão do tri, que também foi vereador no Rio, de 1989 a 1993, pelo PDT, estava em casa quando passou mal, na Barra da Tijuca. Ainda foi levado para o Hospital Riomar, mas as tentativas de reanimá-lo foram em vão. O detalhe é que Carlos Alberto tinha um irmão gêmeo, Carlos Roberto, falecido há um mês.

Nascido a 17 de julho de 1944, carioca do bairro da Vila da Penha, Carlos Alberto, seja como lateral-direito, onde começou na base do Fluminense, seja como zagueiro, sempre desfilou pelos gramados uma classe com a bola nos pés em que não ficava para trás nem para um astro do nível de Franz Beckenbauer. Santos, Botafogo, Flamengo e New York Cosmos tiveram em campo a sua classe. Era reverenciado no mundo todo pelo seu passado. Depois, como treinador, o Capita, como era carinhosamente chamado, teve como pontos altos a conquista do Campeonato Brasileiro de 1983, pelo Flamengo, da Copa Conmebol, em 1993, pelo Botafogo, e do Campeonato Carioca de 1984, pelo Fluminense.

Como jogador, Carlos Alberto conquistou uma penca de títulos. No Fluminense, clube de coração, onde começou a carreira, ganhou o Carioca em 1964, quando estourou, e depois, no seu retorno, os de 1975 e 1976, com a famosa Máquina montada pelo presidente eterno Francisco Horta. No Santos de Pelé, onde chegou em 1965, ainda garoto, e viveu o auge, atuando ao lado de craques como o próprio Rei do Futebol, Edu e Clodoaldo, companheiros de tricampeonato mundial, levou a Taça Brasil em 1965 e 1968, o Torneio Rio-São Paulo em 1966, a Recopa Sul-Americana em 1968 e muitos campeonatos paulistas - 1965, 1967, 1968, 1969 e 1973.

Em sua breve passagem pelo Botafogo em 1971, emprestado pelo Santos, Carlos Alberto Torres não conquistou títulos mas teve também presença marcante, atuando ao lado de craques como Jairzinho, Paulo Cezar Caju e outros. Depois, voltou ao Peixe, ainda no mesmo ano, onde ficou até 1974. Retornou então ao Fluminense, onde viveu outro grande momento em sua carreira, com a Máquina de Rivellino, Paulo Cezar, Pintinho, Doval & Cia.

Saiu da Máquina em 1977 para atuar no Flamengo de Zico, onde também passou em branco mas viu começar ali aquela que seria a maior equipe rubro-negra da história. Depois, reviu Zico, Junior, Leandro e Adílio quando os comandou na conquista do Brasileiro de 1983.

O pouco tempo no Flamengo como jogador teve explicação. O New York Cosmos o queria. Já como zagueiro, Carlos Alberto foi para a equipe americana recém-montada para atuar com supercraques. O Cosmos ficou conhecido por reunir uma verdadeira seleção mundial, de Pelé a Franz Beckenbauer. E o Capita, por lá, foi campeão por quatro temporadas - 1977, 1978, 1980 e 1982. Levantar taça era com ele mesmo.

E quando, no estádio Azteca, levantou a Jules Rimet, a maior que conquistou, no tricampeonato de 1970, no México, Carlos Alberto eternizou não só o gesto, mas também uma geração fora de série. Zagallo sempre dizia que fora de campo era o comandante, mas, no gramado, era o seu capitão o porta-voz. O gol marcado pelo lateral-direito, o último na goleada por 4 a 1 sobre a Itália na grande final, sintetizou o que o então camisa 4 e toda aquela Seleção tinham de melhor. A jogada, que iniciou da intermediária com série de dribles de Clodoaldo, foi de pé em pé até Pelé dar um simples toque para o lateral, que vinha de trás. A bola ainda deu uma pequena subida antes de o jogador desferir o potente chute que estufou a rede.

Carlos Alberto era um jogador moderno para o seu tempo. Tinha forte poder de marcação, a ponto de poder ter atuado, já como veterano, na zaga. Era também dono de uma rara habilidade e contava com fôlego e capacidade para subir ao ataque como elemento surpresa. 

Sua história na Seleção começou em 30 de maio de 1964, contra a Inglaterra, no Maracanã, na goleada por 5 a 1. Foram 69 partidas com a camisa verde-amarela e nove gols marcados. Um número considerável para um lateral-direito. Na Seleção sentiu-se à vontade como nos clubes para exercer uma liderança dentro e fora de campo, principalmente no tricampeonato mundial de 1970, ao lado de Pelé e Gerson.

Como jogador, Carlos Alberto Torres ainda teve uma breve passagem pelo California Surf, até retornar ao Cosmos e encerrar a carreira em 1982. Não demorou muito, no entanto, para o Capitão voltar a frequentar o mundo do futebol, mas como treinador. Numa decisão ousada na época, o Flamengo, em crise na tabela do Brasileirão, convidou Carlos Alberto para ser o técnico. O time tinha sido campeão em 1982, mas passava por mau momento naquele período. O Capita assumiu a equipe e a levou a uma reação na tabela rumo ao tricampeonato brasileiro, na final sobre o Santos, vencida por 3 a 0, num Maracanã com mais de 150 mil pessoas.

Ali era o começo de uma carreira como treinador com altos e baixos. Sim, Carlos Alberto não foi como técnico tão brilhante como era no gramado com a bola nos pés. Mas teve momentos importantes. No Botafogo, comandou uma equipe limitada tecnicamente rumo à conquista de uma competição internacional, a Copa Conmebol, conquistada em 1993. A final foi contra o Peñarol. Depois do 1 a 1 em Montevidéu, os dois times voltaram a empatar, mas por 2 a 2, no Maracanã. A disputa foi para os pênaltis, com vitória alvinegra por 3 a 1. Tanto ao lado de craques consagrados como comandando jogadores jovens e desconhecidos, com ou sem braçadeira, o Capita tinha liderança e estrela. 

FONTE: Globo Esporte

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Rádio Nordestino de Luto!

Morre aos 64 anos o radialista e narrador esportivo Carlos Fred

Carlos Fred teve sucesso no Jornalismo Esportivo Cearense. Foto Thiago Gaspar
Faleceu na madrugada desta segunda-feira (17) o radialista e narrador esportivo Carlos Fred. Vítima de um infarto, Carlos Frederico Costa Carneiro deixa um legado no rádio esportivo cearense e muita saudade aos familiares, amigos e colegas de profissão.

Fred era narrador oficial das partidas de Ceará e Fortaleza nas principais competições nacionais, transmitidas pela Rádio Tribuna BandNews FM, além de comentar diariamente o esporte local e nacional no programa Tribuna BandNews Esporte.

Em menos de duas temporadas completas na Tribuna BandNews FM (101.7), ele conseguiu aumentar ainda mais a popularidade diante dos ouvintes locais. Da própria empresa, o reconhecimento veio ao ser renomeado de Fred Mito, o que gerou até memes nas redes sociais.

“Saiu de forma espontânea. Primeiro eu chamei de ‘Bom Velhinho’, depois eu passei a chamar de #FredMito. É pela importância dele no rádio. O ouvinte começou a chamar também e a gente reforçou a ideia”, comenta Jussiê Cunha, coordenador da equipe de esportes. 

Com 45 anos de profissão, o radialista participou de coberturas importantes. Narrou quatro Copas do Mundo (1986, 1990, 1994 e 1998), além de decisões de Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, jogos das Eliminatórias, Séries A, B e C, além do Campeonato Cearense.

Quis o destino que o último gol narrado por Carlos Fred fosse de seu time de coração, o Fortaleza, no empate em 1 a 1 contra o Juventude, no jogo de volta das quartas-de-final da Série C do Campeonato Brasileiro, no dia 9 de outubro.

O velório acontece nesta manhã no Clube Grab, no Bairro Antônio Bezerra. O endereço é Rua Hugo Vítor, 395, Antônio Bezerra. O enterro será na terça-feira (18), no Cemitério Memória Fortaleza, na Rua Paulo Afonso, 1.191, Jari, em Maracanaú.

“Carlos Fred nos deixou. A crônica perde um fora de série. Os amigos perdem um ser humano fantástico, generoso com todos. Fortaleza amanheceu triste e a ‘moça branca’ ficou orfã”, declara o jornalista Caio Costa, comentarista da Tribuna BandNews e da Nordestv.

Jussiê Cunha sentiu a perda. “Mais um golpe da vida. Se foi o companheiro mais carismático, moleque e inteligente com quem trabalhei. Adeus, Mito! Adeus, Fred”.


Por Rosana Romão

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

O Rádio Cearense de Luto.

Em Quixeramobim faleceu o Radialista e Historiador Crisanto Teixeira aos 60 anos.


Por volta das 19:00 horas faleceu o Radialista Crisanto Teixeira. Segundo informações crisanto deu entrada no Hospital Regional Dr Pontes Neto se sentindo muito mal e vindo a óbito por uma parada cardio respiratória.

O corpo de Crisanto Teixeira, 60 anos, será sepultado às 15:30h de hoje, Segunda 26, no Cemitério Parque da Saudade em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza.

domingo, 25 de setembro de 2016

25 de Setembro dia do Rádio no Brasil!

25 DE SETEMBRO DIA DO RÁDIO E DA RÁDIODIFUSÃO NO BRASIL


No dia 25 de setembro, data do nascimento de Roquete Pinto -  o "Pai do Rádio Brasileiro" -, comemora-se o Dia do Rádio. Em 1923, Roquete fundou a primeira emissora do país, a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro. Era uma fase experimental do veículo, sem grandes avanços tecnológicos.
Roquete Pinto foi um médico, professor, escritor, antropólogo, etnólogo, ensaísta brasileiro, membro da Academia Brasileira de Letras.

A primeira transmissão radiofônica em terras brasileiras, no entanto, já havia ocorrido no ano anterior, mais precisamente em 7 de setembro de 1922, na comemoração do centenário da independência brasileira. Na ocasião, uma estação de rádio foi instalada no Corcovado, no Rio de Janeiro, para a veiculação de músicas e do discurso do então presidente Epitácio Pessoa.

De lá para cá, muita coisa mudou: das interferências e ruídos dos primeiros aparelhos de rádio (pesados, enormes e à válvula) aos pequenos, leves e modernos rádios de transistores. A década de 1950 foi marcada pela consolidação do veículo como meio de comunicação. Em 1968, surgiram as primeiras emissoras de freqüência modulada (FM).

A história também cogita que um padre brasileiro, Roberto Landell de Moura, tivesse sido o inventor do rádio. Em 1894, Roberto havia desenvolvido aparelho semelhante e efetuado a emissão e recepção de sinais a uma distância de oito quilômetros, do bairro de Santana para os altos da avenida Paulista, em São Paulo.

Fanáticos religiosos, contudo, cientes de que o padre brasileiro tinha pactos com o demônio, destruíram seu aparelho e suas anotações, o que atrasou o reconhecimento de sua criação pelas autoridades científicas. Só em 1900 Roberto conseguiu fazer uma demonstração pública de seu invento.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Novidade na Rede Maisnova!

Eduarda Streb estreia na Rede Maisnova com informações esportivas


A Rede Maisnova FM apresenta nesta semana mais uma novidade em sua programação, com a estreia da jornalista Eduarda Streb. A profissional vai apresentar de segunda a sábado o “Bate-Bola com Duda Streb”, com informações da dupla Gre-Nal e do esporte em geral.

Os programetes serão transmitidos para todas as 11 emissoras da rede. O “Bate-Bola com Duda Streb” poderá ser acompanhado em três horários na programação: 10h15, 13h30 e 21h20. A jornalista Eduarda Streb tem 20 anos de carreira na televisão e já cobriu os maiores eventos esportivos do mundo. 

O coordenador de programação da Maisnova FM, Eron Voesch, relembra que a emissora já apresentou recentemente outras novidades como os drops diários “A hora do rock”, com as histórias e notícias do mundo Rock ‘n’ Roll, e “Aninha na cozinha”, com dicas rápidas de culinária.  

A Rede Maisnova é uma das emissoras mais modernas do país, com transmissão via satélite e constante renovação por meio de investimentos em pesquisa, qualificação de profissionais e novos equipamentos. A Rede  Maisnova tem emissoras nas cidades de Caxias do Sul (geradora), Garibaldi, Lagoa Vermelha, Marau, Passo Fundo, Pelotas, Santo Ângelo, Sarandi, Soledade, Vacaria e Vila Flores, com um sinal presente em mais de 200 municípios do Rio Grande do Sul. A cobertura abrange uma área superior de 3 milhões de pessoas.

Fonte: Radioamantes


A Rádio Maisnova é uma estação de rádio brasileira com sede em Caxias do Sul, RS. É a matriz da Rede Maisnova FM e opera na frequência 98,5 MHz FM. É a maior rede do estado (se contado o fator "rede única", com diversas emissoras repetindo e segmentando a mesma programação), sendo ao mesmo tempo também a terceira maior e principal rede de rádios (se contado o fator "número de rádios") atrás das redes Pampa e RBS.

Maisnova FM 98,5 MHz - Caxias do Sul (Geradora)
Maisnova FM 88,1 MHz - Garibaldi
Maisnova FM 90,7 MHz - Sarandi
Maisnova FM 93,9 MHz - Vila Flores 
Maisnova FM 94,5 MHz - Pelotas
Maisnova FM 94,5 MHz - Santo Ângelo
Maisnova FM 94,7 MHz - Marau
Maisnova FM 99,1 MHz - Soledade
Maisnova FM 101,5 MHz - Vacaria 
Maisnova FM 102,5 MHz - Passo Fundo
Maisnova FM 104,3 MHz - Lagoa Vermelha

“Na Geral” de casa nova!

“Na Geral” na 105 FM


Após 14 anos na Rádio Bandeirantes AM 840 e FM 90,9. O programa “Na Geral”, com Zé Paulo da Glória, Lélio Teixeira e Beto Hora, vai estrear no mês de novembro na 105 FM, emissora líder de audiência no esporte na Grande SP.

Lélio Teixeira – que é um dos sócios do projeto esportivo na 105 FM – foi quem ficou a frente das negociações.

Na nova emissora, o programa “Na Geral” deve ocupar a faixa horária das 17h30 às 19h, e vai contar com a participação da equipe de esportes.

O “Na Geral” chegou à Rádio Bandeirantes em 2002, vindo da Brasil 2000 FM e tem nas imitações de Beto Hora um de seus pontos altos, além de muita informação. Na Bandeirantes, existe a possibilidade que o horário do “Na Geral” seja ocupado por um programa de conteúdo político, numa tentativa de concorrer diretamente com a Rádio Jovem Pan.

Outra mudança que deve ser sentida será em relação ao locutor e humorista Beto Hora. Muitas chamadas e comerciais na Rádio Bandeirantes estão gravados com sua voz, desde a saída de Walker Blaz, em 2013.

FONTE: Anderson Cheni

Rede Jovem Pan estreia novo programa de Jornalismo!

Programa “3 em 1” estreia nas grades das rádios Jovem Pan FM e Jovem Pan News


As rádios Jovem Pan AM 620 e Jovem Pan FM 100.9, ambas de São Paulo, terão novidade em suas grades a partir da próxima segunda-feira (26). A assessoria de imprensa do Grupo Jovem Pan confirmou a estreia do programa “3 em 1”, atração de perfil jornalístico que será apresentada por Carlos Graieb, Vera Magalhães e Carlos Andreazza. A novidade também chegará aos ouvintes que acompanham a Jovem Pan News em outras praças do país.


“O Andreazza no Rio, a Vera e eu aqui em São Paulo, concordamos em bastante coisa, mas não em tudo. Vai ser um programa de notícias e discussão”, diz Graieb, novo diretor de conteúdo multiplataforma da Jovem Pan. O programa abordará temas de política, cultura, entretenimento e antecederá um dos carros chefe da emissora, Os Pingos nos Is, apresentado por Reinaldo Azevedo, Patrick Santos e Victor LaRegina, das 18h às 19h.

Segundo a assessoria de imprensa do Grupo Jovem Pan, o “3 em 1” irá ao ar pelas redes AM, TV Jovem Pan (acessível via site e aplicativos) para todo o Brasil e FM da capital paulista. Apesar do programa ir ao ar na 100.9 FM de São Paulo, a rede Jovem Pan FM seguirá sem alterações em sua grade, mantendo a veiculação do programa “Missão Impossível” (no ar entre 17h00 e 18h00). Já na grade da 100.9 FM a Jovem Pan FM executa atualmente uma programação musical, enquanto a 620 AM contava com o Radioatividade (que terá o seu horário alterado, encerrando as 17h30).

Fonte:Tudo Rádio

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

"Na Geral" com os dias contados na Rádio Bandeirantes AM 840 e FM 90,9.

Comandada por Beto Hora, Lélio Teixeira e Zé Paulo da Glória, a atração ainda não tem um novo prefixo determinado


Um dos mais tradicionais programas do rádio esportivo de São Paulo vai sair do ar - pelo menos por enquanto - após quase duas décadas no ar.

De acordo com o colunista Flávio Ricco, o "Na Geral" vai deixar a grade de programação da Rádio Bandeirantes em outubro. Comandada por Beto Hora, Lélio Teixeira e Zé Paulo da Glória, a atração ainda não tem um novo prefixo determinado.

A saída do "Na Geral" pode estar relacionada ao interminável processo de mudanças em todo o Grupo Bandeirantes. Beto Hora, um dos apresentadores do programa, informa que ainda não pode revelar o destino do grupo, para não atrapalhar as negociações. 

Com quase 17 anos de estrada, o tradicional programa sobre futebol recheado com doses de humor e informação chegou à Rádio Bandeirantes em 2002, vindo da Rádio Brasil 2000. Tem nas imitações de Beto Hora um de seus pontos altos, e também muita informação ao longo do programa.

Fonte: Portal midia Esporte

Ruy Castro estreia na Rádio MEC

Ruy Castro estreia programa especial sobre o samba-canção na Rádio MEC FM 99,3 e AM 800


O jornalista, pesquisador e escritor Ruy Castro reconta, a partir de 25 de setembro, a história do samba-canção na Rádio MEC (FM 99,3 e AM 800). A série “A noite do meu bem”, homônima de seu último livro, é dividida em seis programas e vai ao ar a partir das 20h na FM e às 22h na AM.

A música da época de ouro da noite carioca revelou vozes como as de Dolores Duran, Dick Farney, Elizeth Cardoso, Dorival Caymmi, Maysa, Miltinho, Dóris Monteiro, Lúcio Alves, Linda Baptista, Jamelão, Nora Ney, Helena de Lima e Tito Madi. Durante a série, o escritor Ruy Castro conta a história por trás de algumas canções, as curiosidades sobre as boates em Copacabana, bairro que foi o epicentro do gênero samba-canção, e traz ainda os temas cantados recorrentemente, desde o amor e suas dores, como a famosa “dor de cotovelo”, e também as canções com lado luminoso, alegre e do amor.

Segundo Ruy Castro, o samba-canção é eterno. “Parece coisa do passado, mas não é. A impressão que dá é que as músicas ficaram meio guardadas, meio adormecidas, lá no fundo da nossa memória. Mas é só começar a tocar e a gente logo reconhece a melodia, se lembra da letra.” E na série “A noite do meu bem”, os ouvintes vão perceber que ele não acabou, apenas se transformou e nunca deixou de ser tocado e composto.

A estreia do programa de Ruy Castro na Rádio MEC faz parte das festividades pelos 80 anos da emissora, comemorados em 2016. Ao longo de sua história, a rádio sempre teve em seu elenco escritores como Carlos Drummond de Andrade e Cecilia Meireles, os atores Paulo Autran e Fernanda Montenegro e, mais recentemente, conta com o poeta Eucanaã Ferraz e o músico Arrigo Barnabé. Em parceria com a editora Companhia das Letras, a Rádio MEC traz Ruy Castro exatamente para o veículo no qual o jornalista começou sua carreira em Minas Gerais, o rádio. A série "A noite do meu bem" é a primeira parte de futuros programas em que o escritor apresentará a versão radiofônica de seus livros.

Fonte: Rádios EBC

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Esta chegando a hora! Esporte Interativo na SKYHDTV.

Esporte Interativo estreia nesta terça na grade da Sky


Após longa espera e queixas tanto do canal quanto de clientes, o Esporte Interativo chega a grade da operadora SKY nesta terça-feira (13) a tempo dos telespectadores acompanharem a primeira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da UEFA.

Serão exibidos quatro jogos: na terça-feira, o EI MAXX mostra Barcelona x Celtic e o EI MAXX2, transmite PSG x Arsenal. No dia seguinte, é a vez de Real Madrid x Sporting no EI MAXX, e Juventus x Sevilla, no EI MAXX2.

Na SKY, o canal Esporte Interativo será oferecido na versão SD, o EI MAXX nas opções SD e HD e o EI MAXX2 na versão HD. Os canais EI MAXX HD (canal 228) e EI MAXX2 HD (canal 224) ficam disponíveis a partir de 13 de setembro e o Esporte Interativo SD (canal 22) e EI MAXX SD (canal 28) à partir de 29 de setembro.

Edmundo Nos canais Fox Sports

EDMUNDO ESTREIA NA FOX PEDINDO DESCULPAS A MARCELO OLIVEIRA POR CRÍTICAS NOS TEMPOS DE PALMEIRAS


Edmundo estrou na Fox Sports neste domingo (11), como comentarista do programa “A última palavra”, comandado pelo apresentador Benjamim Back. E logo no seu primeiro dia na nova casa, protagonizou um dos melhores momentos ao pedir desculpas ao técnico Marcelo Oliveira, que fazia sua participação ao vivo, pelas criticas que fez nos tempos que ele comandava o Palmeiras.

Na ocasião, quando ainda trabalha na TV Bandeirantes, Edmundo disse que Marcelo Oliveira era preguiçoso e que o Palmeiras não vencia pela falta de treinamentos.

“Queria pedir desculpas pro Marcelo, que acabei criticando ele com mais força na antiga emissora, confesso que levado pelo coração e até pelos números que impulsionavam lá. Foi mais pelo coração do que pelo trabalho”, disse o ex-jogador.

Marcelo Oliveira aceitou o pedido de desculpas, mas aproveitou para alfinetar os críticos. “Você não precisa se desculpar em nada. Estou no futebol há muitos anos como atleta e treinador e acostumado a esse tipo de coisa, posso não concordar, mas me dou bem com essas situações, é o papel de vocês fazerem as críticas, às vezes as críticas são por desinformação, mas às vezes são construtivas e nos trazem detalhes mais importantes”, declarou o técnico.


por:Danielle Barbosa

Fonte:Torcedores.com

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Transamérica FM chega aos 43 anos no Recife

A mais antiga emissora da Rede Transamérica está comemorando 43 anos neste mês de agosto. A Transamérica FM 92.7 de Recife foi a rádio que iniciou a rede que hoje conta com várias afiliadas, principalmente emissoras que aderiram ao segmento popular. Atualmente a Rede Transamérica conta com dezenas de afiliadas com as portadoras nos segmentos Pop, Hits e Light.

A Rede Transamérica nasceu em agosto de 1973, na capital pernambucana através dos 92.7 FM seguindo o padrão adulto. Logo após a inauguração surgiram as demais emissoras próprias da rede como Brasília (100.1), São Paulo (100.1), Curitiba (100.3), Rio de Janeiro (101.3), e já na década de 80 chegava a Salvador (100.1).

Em 1985, a rádio deixou de lado o segmento adulto (público da rádio desde a estreia da rede) e passou a trabalhar focando o público jovem. No final da década de 80 a Transamérica já era um fenômeno de audiência, chegando a ser líder na capital paulista. Em janeiro de 1990 surgiu a transmissão via-satélite da rede (anteriormente as emissoras retransmitiam a programação através de material gravado).

Em 2000, com o surgimento da portadora Hits (programação popular), a Transamérica adotou o termo "Pop" em seu nome (a portadora Light surgiu em março de 1999 na capital paranaense pelos 95.1). Em 2013 a Transamérica voltou a operar em definitivo pelos 88.7 de Belo Horizonte, sendo mais uma retransmissora própria da rede com o segmento Hits. 

Fonte: Tudo Rádio

Com 2.200 afiliadas Agência Radioweb completou 15 anos nesta terce feira 23

Agência Radioweb completou 15 anos com 2200 emissoras afiliadas


A Agência Radioweb, considerada a maior agência de notícias para rádios do Brasil, comemorou 15 anos nesta terça-feira (23). A empresa, que produz e disponibiliza gratuitamente cobertura jornalística para cerca de 2.200 emissoras AM e FM, também se prepara para comemorar a marca de 15.000 downloads por dia, que deverá atingir muito em breve. Para comemorar o aniversário, a agência está realizando uma convenção na Serra Gaúcha com seus 48 colaboradores entre 22 e 24 de agosto.

Para marcar os 15 anos a Agência lançou um material de divulgação que tem como slogan “Radiojornalismo feito com paixão, qualidade e credibilidade". Além disso, uma série de postagem especiais em sua página no Facebook – www.facebook.com/agenciaradioweboficialhttp://www.facebook.com/agenciaradioweboficial - conta a história da Agência. A empresa nasceu em 2001, quando começou a produzir e distribuir matérias de rádio por telefone para 80 emissoras do RS. 

 “A tecnologia é importante para distribuirmos a nossa produção, mas a qualidade do nosso jornalismo é o que garante a fidelidade das 2.200 emissoras afiliadas”, destaca Daniela Madeira, sócia-diretora da empresa. 


Em pesquisa recente, com mais de 1.700 rádios, a qualidade do jornalismo alcançou 98% entre os conceitos de Ótimo e Bom. A Radioweb já coleciona mais de 60 prêmios de jornalismo na sua história. A Agência Radioweb oferece uma média de 50 matérias por dia, com uma forte cobertura hard news. As rádios têm acesso gratuito ao conteúdo. Das emissoras afiliadas, 30% são AM e 70%, FM. Quanto ao tipo de rádio, 48% são comerciais; 48%, comunitárias e 4%, educativas. 


As emissoras fazem mais de 14 mil downloads diários e a marca dos 15 mil deve ser atingida até o final do ano. Considerando apenas a população das cidades-sedes das rádios afiliadas, o alcance da cobertura é de 120 milhões de brasileiros.


Outra inovação da Radioweb foi o modelo de negócio. Com milhares de rádios afiliadas e com alto índice de utilização dos conteúdos, a página da Agência guarda um espaço para o marketing de conteúdo. 

Os clientes podem chegar a centenas de emissoras e a milhões de ouvintes como notícia ou como patrocinadores. As condições deste tipo de conteúdo estão previstas no termo de parceria que a emissora adere ao se afiliar. “Fazemos marketing de conteúdo desde 2001, quando pouco se falava sobre isso”, destaca Caroline Mello, sócia-diretora da empresa.


Como o acesso ao site é possível somente mediante dados de usuário e senha, a agência desenvolveu um software que controla toda a utilização dos conteúdos. O sistema gera relatórios qualitativos e quantitativos, dados essenciais tanto para a Radioweb quanto para os clientes.  


Em 2005, com a sua expertise em radiojornalismo, a Agência Radioweb desenvolveu a tecnologia de rádio online corporativa. A solução oferece rádios totalmente personalizadas para execução via web e através de aplicativos para smartphone. O pacote é completo: design, tecnologia, música e conteúdo. Como o serviço era pouco conhecido na época, a Radioweb criou uma rádio própria para demonstração. “Foi uma iniciativa de mostrar aos clientes um novo serviço e a partir disso gerar uma necessidade no mercado”, afirma Geanoni Mousquer, sócio-diretor da empresa, em Brasília. Foi lá que nasceu a primeira rádio corporativa administrada pela Agência, a Rádio Indústria, da CNI. Hoje, a Agência Radioweb administra 13 rádios corporativas de clientes, a maioria de órgãos públicos, instituições e entidades.


Atualmente, a Radioweb conta com sedes em três cidades: Porto Alegre, São Paulo e Brasília. A direção é formada por Paulo Gilvane Borges (diretor-geral), Caroline Mello, Daniela Madeira e Geanoni Mousquer. Todos são jornalistas. A equipe de colaboradores soma 44 profissionais no jornalismo, no administrativo e na área técnica. No jornalismo há correspondentes fixos no Rio de Janeiro, Minas Gerais e Alagoas e uma rede de freelancers em todo o país. A Agência é também uma das principais plataformas de distribuição de conteúdo da Rádio França Internacional e da Rádio ONU.


Apesar de as mudanças recentes do mercado de comunicação dificultarem a análise e compreensão até mesmo do momento presente, a Agência Radioweb tenta reunir elementos para planejar o seu futuro mais próximo. “Estruturalmente, o meio rádio vive um momento histórico, que é a migração das rádios AM para FM. Esta solução salvou as AM da extinção e garantiu a existência de mais de quase 1.800 emissoras. O que as AM farão no FM? Terão mais música? Mais conteúdo?”, conjectura Gilvane.


A Agência Radioweb acredita no crescimento ainda maior da relevância do conteúdo e, por isso, prepara-se para oferecer programas com maior tempo de duração, mais analíticos, mais contextualizados. “Esse diagnóstico parte do princípio de que as plataformas para ouvir música serão cada vez mais acessíveis, via streaming e por demanda. O ouvinte agora usa o seu pendrive, utiliza o bluetooth para executar músicas no carro a partir do seu smartphone ou assina um serviço como Spotfy. Para sobreviver, as rádios terão que oferecer mais do que um simples playlist com as 50 mais tocadas. A música não vai desaparecer do rádio, mas as pessoas dependem cada vez menos do veículo para escutar os seus gêneros preferidos. Ou seja, o diferencial estará no rádio falado, na informação, na prestação de serviço, na utilidade pública, no bate-papo, no debate”, explica Gilvane. Quanto à rede de afiliadas, a meta é alcançar três mil emissoras em cinco anos – atualmente são 2.200.


Fonte:Tudo Rádio

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Solano Ribeiro e a nova música do Brasil

Solano Ribeiro comemora 10 anos à frente de programa da Rádio Cultura


Músicos como Vander Lee, Marcelo Jeneci e Tulipa Ruiz tiveram espaço na atração, que há uma década traz a nova música do Brasil. Especial vai ao ar no próximo domingo (21/8), às 14h

São Paulo, 16 de agosto de 2016 – No próximo dia 21 de agosto (domingo), o apresentador e produtor musical Solano Ribeiro comemora 10 anos de seu programa na Rádio Cultura Brasil (AM 1200), o Solano Ribeiro e a Nova Música do Brasil. A atração especial será levada ao ar às 14h, e reapresentada no dia 22 (segunda-feira), às 9h e 21h. Também pode ser ouvido pelo site culturabrasil.com.br

O programa foi concebido para dar espaço à nova geração de músicos, que não têm lugar na mídia. Solano diz que “eles fazem um trabalho diversificado e de qualidade, nos mais diferentes estilos no Brasil todo e é importante ter um programa que divulgue isso”. E ele também arrisca um palpite sobre o futuro desses artistas: “Acho que eles podem fazer um movimento musical maior e mais importante até do que os do passado”.

A 520ª edição, que marca os 10 anos da atração, traz uma seleção de 10 músicos, um de cada ano. Um deles é Vander Lee, falecido recentemente, em 5 de agosto, aos 50 anos. Ele é o escolhido para lembrar 2007 com a canção A voz.

De maneira informal, três desses músicos serão premiados com o Troféu Cata-Vento nas categorias Ouro, Prata e Bronze, em alusão aos jogos olímpicos. O Troféu, idealizado por Solano Ribeiro e instituído em 2007, foi o vencedor do Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) na categoria Melhor Iniciativa de Rádio, em 2012.

Solano é o criador e realizador dos famosos festivais de música da televisão nos anos 1960. É dele o 1º Festival Nacional da Música Popular Brasileira, em 1965, que depois ficou conhecido como Festival de Música da MPB. Uma curiosidade é que nasceu daí o nome MPB, pois o nome – Música Popular Brasileira –, por ser muito extenso, foi abreviado.

O produtor também já foi diretor de documentários e comerciais, tendo sido premiado no Festival Europeu de Televisão (Áustria) com o filme Novos Baianos F.C.

Serviço
Solano Ribeiro e a Nova Música do Brasil – Edição de 10 anos
No ar: dias 21/8 (domingo), às 14h, e 22 (segunda-feira), às 9h e 21h.
No site: culturabrasil.com.br

Por: Rodney Brocanelli

Prédio de emissora de rádio é arrombado e furtado em Crateús

Rádio Plus 93.3 FM teve seu prédio arrombado na madrugada de quarta pra quinta.


O prédio onde funciona a emissora de rádio Plus FM, localizado no centro da cidade, que opera na frequência FM 93.3 em Crateús, foi alvo de bandidos que invadiram, bagunçaram objetos e levaram apenas dois receptores. O caso foi percebido quando os radialistas Edelmar Gomes e Nathan Loyola chegaram no local por volta das 05h30min desta quinta-feira (18) para apresentarem um programa.

Vários objetos foram revirados e removidos do local tais como computadores, caixas, cadeiras e até cordas. A suspeita é de que elementos tenham invadido o prédio pelo muro lateral, e utilizado a cadeira para servir de apoio para subir o muro da frente e concretizar a fuga. Policiais estiveram no local e trabalham para elucidar o crime.

Para arrombar as portas, foi utilizado uma barra de ferro que serviu como “pé-de-cabra”.



Fonte: sertoesdecrateus.com.br

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Morre o jornalista Neno Cavalcante Colunista do Diario do Nordeste

Morre aos 61 anos o jornalista cearense Neno Cavalcante

Foto: TV DN

Morreu, na tarde de ontem Domingo 14 de agosto, o jornalista e colunista Neno Cavalcante aos 61 anos. José Nairton Quezado Cavalcante foi encontrado pela família no apartamento onde morava, na Praia de Iracema. A causa da morte não foi confirmada. Ele deixa duas filhas e três netos.

Neno era o caçula dentre nove irmãos, natural do município de Aurora, a 460 quilômetros de Fortaleza. O irmão mais velho é Lúcio Brasileiro, colunista do O POVO. A estreia de Neno no jornalismo foi na década de 1970, quando Lúcio editava a revista Fame - encartada no O POVO. Passou a integrar a equipe do jornal Diário do Nordeste desde a fundação do periódico, em 1981, sendo contemporâneo dos jornalistas Ronaldo Salgado e Agostinho Gósson.

Foto: Reprodução

O jornalismo opinativo foi a marca de Neno, que assinou a coluna “É…” até a semana passada, quando escreveu a despedida antes de tirar férias. Entre 1999 e 2013, apresentou o programa TeveNeno na TV Diário. Na TV Manchete, ele comandava atração de mesmo nome desde 1993. “Enquanto a geração nova pensa no Neno como jornalista de TV, ele na verdade é o jornalismo impresso”, ressalta o jornalista Tadeu Feitosa. 

Ética e bom humor
“Era um jornalista independente e sincero”, resume o advogado Paulo Quezado, primo de Neno. Para o ex-colega e amigo Nilton de Almeida, vice-presidente da Associação Cearense de Imprensa (ACI), o trabalho dele foi relevante pelo tom crítico adotado para apontar as falhas do poder público. Na profissão, é lembrado pela ética e pelo bom humor. “Sempre soube viver bem a vida. Gostava de praia e vivia sempre alegre”, recorda Nilton.


Da convivência de quase 30 anos na redação, o jornalista e professor Anderson Sandes guarda a memória das conversas sobre a profissão e os aspectos da vida.



“O caráter e a ética dele eram muito marcantes. E a coluna dele era perspicaz.



Ele brincava e dava uma nova dimensão aos fatos”, comenta.


Para a jornalista e familiar Ana Quezado, as lembranças são da busca de Neno pela liberdade de falar o que queria e da forma como gostava. Da participação na TV, ele adotou bordões como “é o novo” para lembrar causos antigos e “por que você é desse jeito?” ao criticar figuras públicas.

Por:Thaís Brito(Jornal O Povo)

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Desenho animado Doug Funnie hoje completa 25 anos.

Autor revela se Doug Funnie fica com Patti Maionese


Quem está na casa dos 30 anos, com certeza, já ouviu falar no personagem Doug Funnie. O tímido e desengonçado adolescente, protagonista do desenho animado Doug, exibido no Brasil pelas emissoras Nickelodeon, Rede Minas, Band e SBT, conquistou uma legião de fãs no início da década de 1990. Porém, ao final do seriado, o público ficou com uma grande dúvida: Doug Funnie teria conseguido ficar com a colega de escola Patti Maionese, o grande amor de sua vida?

Finalmente, 25 anos após a estreia do desenho, o criador da série, Jim Jinkins, revelou o destino dos personagens principais em entrevista ao site americano de notícias Entertainment Weekly. Ele conta que não existe um roteiro completo do que seria o último episódio, mas revela que chegou a produzir algumas histórias, que se passam 10 anos após o jovem protagonista ter deixado sua cidade, Bluffington, para estudar e viver em Nova Iorque."Skeeter (melhor amigo de Doug) seria seu companheiro de quarto. Judy (irmã de Doug) trabalharia como atriz no circuito fora da Broadway, atuando em papeis curiosos", diz Jinkins ao site americano.

O autor lembra ainda que o famoso cachorro de Doug Funnie, o  simpático Costelinha, ainda estaria vivo e morando com seu dono.

Porém, quando questionado se, enfim, o protagonista da série teria conseguido se relacionar com a Patti Maionese, Jim Jinkins dá uma péssima notícia para os fãs brasileiros do desenho: "não". Segundo ele, normalmente, as pessoas não ficam com o 'primeiro amor'.

Mas, ainda na entrevista ao Entertainment Weekly, o criador do desenho faz questão de dizer que há a possibilidade de mudar a história. "Talvez eu faça isso. Não existe uma regra. Posso adiantar que gostaria de ter a Patti não casada, mas, em um relacionamento sério", completa Jinkins.

Vale lembrar que a história do série animada Doug foi baseada na própria adolescência do autor, que, na vida real, era apaixonado por uma garota popular da escola.


por João Paulo Martins

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Felicidades e Saúde a Barros de Alencar

Barros de Alencar completou 76 anos


O famoso radialista, comunicador, cantor e apresentador de TV, Barros de Alencar, completou neste dia 5 de agosto, 76 anos de idade. Desejamos muita SAÚDE para esse brilhante artista que por muitos anos esteve nos primeiros lugares de audiência em todos o Brasil.

Muitos perguntam: Por onde anda o Barros de Alencar?

O que podemos dizer é que ele mora na cidade de São Paulo. Há alguns anos, ele passou por uma delicada cirurgia na garganta e desde então, vem se recuperando em casa.

Por:Adriano Barbiero

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Rede Paraibana de Notícia será inaugurada hoje, em João Pessoa.

RPN, Tera Cinco emissoras próprias e 20 afiliadas


Esta segunda-feira, 08 de agosto de 2016, marcou o dia com a inauguração da Rede Paraibana de Notícias (RPN). O grupo, que inicialmente estreia sua primeira rádio (89.3FM), será formado também por um portal de notícias e uma WebTV.

De acordo com Alessandra Torres, diretora executiva da RPN, o projeto foi fruto de pesquisas que identificaram uma oportunidade de mercado neste segmento. “Foram realizadas 12 pesquisas qualitativas e em profundidade em seis regiões do estado e, a partir daí, o modelo de negócios da RPN foi montado.”

A rádio, que estreia nesta segunda-feira em caráter experimental, vai abranger a região metropolitana de João Pessoa e será cabeça de rede para cinco rádios próprias e 20 afiliadas que deverão estar no ar até o final de 2016. A RPN será a primeira radio all news 100% paraibana.

O time de comunicadores também foi montado com base nas pesquisas. Lenilson Guedes será um deles. O apresentador tem uma tradição de liderar a audiência das manhãs desde a década de 90. Antônio Malvino é conhecido pelos resumos das notícias políticas e econômicas de João Pessoa no fim do dia com seu tradicional horário das 18h.

Alessandra Torres notabilizou-se não só como apresentadora, mas como o rosto mais conhecido da TV Correio durante 12 anos por apresentar seu principal telejornal e depois ser reconhecida como apresentadora também na rádio. Ruy Dantas enriquecerá a programação com sua característica mais marcante: opinião com equilíbrio.

O lançamento

A RPN será oficialmente lançada nesta segunda-feira, 08, no teatro Pedra do Reino, no Centro de Convenções. O evento para 1000 convidados, que começa às 19h, contará com palestras de grandes nomes do cenário nacional.

“O Brasil vive um momento econômico muito difícil e nada melhor do que trazer Gilberto Ochi, presidente da Caixa, o maior banco popular do país. Ochi irá palestrar sobre novas linhas de crédito para pessoas físicas e privadas no governo Michel Temer”, explicou Alessandra.

Luiza Trajano, dona de um dos maiores grupos varejistas do país também irá prestigiar o evento e falará sobre saídas para o varejo neste momento de crise.

Devem comparecer ao evento autoridades como o governador Ricardo Coutinho, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, os senadores Zé Maranhão e Cassio Cunha Lima, o presidente da ALPB, Adriano Galdino, deputados federais e estaduais, representantes do judiciário, entre outros.

FONTE: MaisPB

Dudu Camargo!

Dudu Camargo deixa a Super Rádio O site Notícias da TV, do jornalista Daniel Castro, publicou na manhã desta terça-feira a notícia da d...