quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Transamérica FM chega aos 43 anos no Recife

A mais antiga emissora da Rede Transamérica está comemorando 43 anos neste mês de agosto. A Transamérica FM 92.7 de Recife foi a rádio que iniciou a rede que hoje conta com várias afiliadas, principalmente emissoras que aderiram ao segmento popular. Atualmente a Rede Transamérica conta com dezenas de afiliadas com as portadoras nos segmentos Pop, Hits e Light.

A Rede Transamérica nasceu em agosto de 1973, na capital pernambucana através dos 92.7 FM seguindo o padrão adulto. Logo após a inauguração surgiram as demais emissoras próprias da rede como Brasília (100.1), São Paulo (100.1), Curitiba (100.3), Rio de Janeiro (101.3), e já na década de 80 chegava a Salvador (100.1).

Em 1985, a rádio deixou de lado o segmento adulto (público da rádio desde a estreia da rede) e passou a trabalhar focando o público jovem. No final da década de 80 a Transamérica já era um fenômeno de audiência, chegando a ser líder na capital paulista. Em janeiro de 1990 surgiu a transmissão via-satélite da rede (anteriormente as emissoras retransmitiam a programação através de material gravado).

Em 2000, com o surgimento da portadora Hits (programação popular), a Transamérica adotou o termo "Pop" em seu nome (a portadora Light surgiu em março de 1999 na capital paranaense pelos 95.1). Em 2013 a Transamérica voltou a operar em definitivo pelos 88.7 de Belo Horizonte, sendo mais uma retransmissora própria da rede com o segmento Hits. 

Fonte: Tudo Rádio

Com 2.200 afiliadas Agência Radioweb completou 15 anos nesta terce feira 23

Agência Radioweb completou 15 anos com 2200 emissoras afiliadas


A Agência Radioweb, considerada a maior agência de notícias para rádios do Brasil, comemorou 15 anos nesta terça-feira (23). A empresa, que produz e disponibiliza gratuitamente cobertura jornalística para cerca de 2.200 emissoras AM e FM, também se prepara para comemorar a marca de 15.000 downloads por dia, que deverá atingir muito em breve. Para comemorar o aniversário, a agência está realizando uma convenção na Serra Gaúcha com seus 48 colaboradores entre 22 e 24 de agosto.

Para marcar os 15 anos a Agência lançou um material de divulgação que tem como slogan “Radiojornalismo feito com paixão, qualidade e credibilidade". Além disso, uma série de postagem especiais em sua página no Facebook – www.facebook.com/agenciaradioweboficialhttp://www.facebook.com/agenciaradioweboficial - conta a história da Agência. A empresa nasceu em 2001, quando começou a produzir e distribuir matérias de rádio por telefone para 80 emissoras do RS. 

 “A tecnologia é importante para distribuirmos a nossa produção, mas a qualidade do nosso jornalismo é o que garante a fidelidade das 2.200 emissoras afiliadas”, destaca Daniela Madeira, sócia-diretora da empresa. 


Em pesquisa recente, com mais de 1.700 rádios, a qualidade do jornalismo alcançou 98% entre os conceitos de Ótimo e Bom. A Radioweb já coleciona mais de 60 prêmios de jornalismo na sua história. A Agência Radioweb oferece uma média de 50 matérias por dia, com uma forte cobertura hard news. As rádios têm acesso gratuito ao conteúdo. Das emissoras afiliadas, 30% são AM e 70%, FM. Quanto ao tipo de rádio, 48% são comerciais; 48%, comunitárias e 4%, educativas. 


As emissoras fazem mais de 14 mil downloads diários e a marca dos 15 mil deve ser atingida até o final do ano. Considerando apenas a população das cidades-sedes das rádios afiliadas, o alcance da cobertura é de 120 milhões de brasileiros.


Outra inovação da Radioweb foi o modelo de negócio. Com milhares de rádios afiliadas e com alto índice de utilização dos conteúdos, a página da Agência guarda um espaço para o marketing de conteúdo. 

Os clientes podem chegar a centenas de emissoras e a milhões de ouvintes como notícia ou como patrocinadores. As condições deste tipo de conteúdo estão previstas no termo de parceria que a emissora adere ao se afiliar. “Fazemos marketing de conteúdo desde 2001, quando pouco se falava sobre isso”, destaca Caroline Mello, sócia-diretora da empresa.


Como o acesso ao site é possível somente mediante dados de usuário e senha, a agência desenvolveu um software que controla toda a utilização dos conteúdos. O sistema gera relatórios qualitativos e quantitativos, dados essenciais tanto para a Radioweb quanto para os clientes.  


Em 2005, com a sua expertise em radiojornalismo, a Agência Radioweb desenvolveu a tecnologia de rádio online corporativa. A solução oferece rádios totalmente personalizadas para execução via web e através de aplicativos para smartphone. O pacote é completo: design, tecnologia, música e conteúdo. Como o serviço era pouco conhecido na época, a Radioweb criou uma rádio própria para demonstração. “Foi uma iniciativa de mostrar aos clientes um novo serviço e a partir disso gerar uma necessidade no mercado”, afirma Geanoni Mousquer, sócio-diretor da empresa, em Brasília. Foi lá que nasceu a primeira rádio corporativa administrada pela Agência, a Rádio Indústria, da CNI. Hoje, a Agência Radioweb administra 13 rádios corporativas de clientes, a maioria de órgãos públicos, instituições e entidades.


Atualmente, a Radioweb conta com sedes em três cidades: Porto Alegre, São Paulo e Brasília. A direção é formada por Paulo Gilvane Borges (diretor-geral), Caroline Mello, Daniela Madeira e Geanoni Mousquer. Todos são jornalistas. A equipe de colaboradores soma 44 profissionais no jornalismo, no administrativo e na área técnica. No jornalismo há correspondentes fixos no Rio de Janeiro, Minas Gerais e Alagoas e uma rede de freelancers em todo o país. A Agência é também uma das principais plataformas de distribuição de conteúdo da Rádio França Internacional e da Rádio ONU.


Apesar de as mudanças recentes do mercado de comunicação dificultarem a análise e compreensão até mesmo do momento presente, a Agência Radioweb tenta reunir elementos para planejar o seu futuro mais próximo. “Estruturalmente, o meio rádio vive um momento histórico, que é a migração das rádios AM para FM. Esta solução salvou as AM da extinção e garantiu a existência de mais de quase 1.800 emissoras. O que as AM farão no FM? Terão mais música? Mais conteúdo?”, conjectura Gilvane.


A Agência Radioweb acredita no crescimento ainda maior da relevância do conteúdo e, por isso, prepara-se para oferecer programas com maior tempo de duração, mais analíticos, mais contextualizados. “Esse diagnóstico parte do princípio de que as plataformas para ouvir música serão cada vez mais acessíveis, via streaming e por demanda. O ouvinte agora usa o seu pendrive, utiliza o bluetooth para executar músicas no carro a partir do seu smartphone ou assina um serviço como Spotfy. Para sobreviver, as rádios terão que oferecer mais do que um simples playlist com as 50 mais tocadas. A música não vai desaparecer do rádio, mas as pessoas dependem cada vez menos do veículo para escutar os seus gêneros preferidos. Ou seja, o diferencial estará no rádio falado, na informação, na prestação de serviço, na utilidade pública, no bate-papo, no debate”, explica Gilvane. Quanto à rede de afiliadas, a meta é alcançar três mil emissoras em cinco anos – atualmente são 2.200.


Fonte:Tudo Rádio

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Solano Ribeiro e a nova música do Brasil

Solano Ribeiro comemora 10 anos à frente de programa da Rádio Cultura


Músicos como Vander Lee, Marcelo Jeneci e Tulipa Ruiz tiveram espaço na atração, que há uma década traz a nova música do Brasil. Especial vai ao ar no próximo domingo (21/8), às 14h

São Paulo, 16 de agosto de 2016 – No próximo dia 21 de agosto (domingo), o apresentador e produtor musical Solano Ribeiro comemora 10 anos de seu programa na Rádio Cultura Brasil (AM 1200), o Solano Ribeiro e a Nova Música do Brasil. A atração especial será levada ao ar às 14h, e reapresentada no dia 22 (segunda-feira), às 9h e 21h. Também pode ser ouvido pelo site culturabrasil.com.br

O programa foi concebido para dar espaço à nova geração de músicos, que não têm lugar na mídia. Solano diz que “eles fazem um trabalho diversificado e de qualidade, nos mais diferentes estilos no Brasil todo e é importante ter um programa que divulgue isso”. E ele também arrisca um palpite sobre o futuro desses artistas: “Acho que eles podem fazer um movimento musical maior e mais importante até do que os do passado”.

A 520ª edição, que marca os 10 anos da atração, traz uma seleção de 10 músicos, um de cada ano. Um deles é Vander Lee, falecido recentemente, em 5 de agosto, aos 50 anos. Ele é o escolhido para lembrar 2007 com a canção A voz.

De maneira informal, três desses músicos serão premiados com o Troféu Cata-Vento nas categorias Ouro, Prata e Bronze, em alusão aos jogos olímpicos. O Troféu, idealizado por Solano Ribeiro e instituído em 2007, foi o vencedor do Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) na categoria Melhor Iniciativa de Rádio, em 2012.

Solano é o criador e realizador dos famosos festivais de música da televisão nos anos 1960. É dele o 1º Festival Nacional da Música Popular Brasileira, em 1965, que depois ficou conhecido como Festival de Música da MPB. Uma curiosidade é que nasceu daí o nome MPB, pois o nome – Música Popular Brasileira –, por ser muito extenso, foi abreviado.

O produtor também já foi diretor de documentários e comerciais, tendo sido premiado no Festival Europeu de Televisão (Áustria) com o filme Novos Baianos F.C.

Serviço
Solano Ribeiro e a Nova Música do Brasil – Edição de 10 anos
No ar: dias 21/8 (domingo), às 14h, e 22 (segunda-feira), às 9h e 21h.
No site: culturabrasil.com.br

Por: Rodney Brocanelli

Prédio de emissora de rádio é arrombado e furtado em Crateús

Rádio Plus 93.3 FM teve seu prédio arrombado na madrugada de quarta pra quinta.


O prédio onde funciona a emissora de rádio Plus FM, localizado no centro da cidade, que opera na frequência FM 93.3 em Crateús, foi alvo de bandidos que invadiram, bagunçaram objetos e levaram apenas dois receptores. O caso foi percebido quando os radialistas Edelmar Gomes e Nathan Loyola chegaram no local por volta das 05h30min desta quinta-feira (18) para apresentarem um programa.

Vários objetos foram revirados e removidos do local tais como computadores, caixas, cadeiras e até cordas. A suspeita é de que elementos tenham invadido o prédio pelo muro lateral, e utilizado a cadeira para servir de apoio para subir o muro da frente e concretizar a fuga. Policiais estiveram no local e trabalham para elucidar o crime.

Para arrombar as portas, foi utilizado uma barra de ferro que serviu como “pé-de-cabra”.



Fonte: sertoesdecrateus.com.br

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Morre o jornalista Neno Cavalcante Colunista do Diario do Nordeste

Morre aos 61 anos o jornalista cearense Neno Cavalcante

Foto: TV DN

Morreu, na tarde de ontem Domingo 14 de agosto, o jornalista e colunista Neno Cavalcante aos 61 anos. José Nairton Quezado Cavalcante foi encontrado pela família no apartamento onde morava, na Praia de Iracema. A causa da morte não foi confirmada. Ele deixa duas filhas e três netos.

Neno era o caçula dentre nove irmãos, natural do município de Aurora, a 460 quilômetros de Fortaleza. O irmão mais velho é Lúcio Brasileiro, colunista do O POVO. A estreia de Neno no jornalismo foi na década de 1970, quando Lúcio editava a revista Fame - encartada no O POVO. Passou a integrar a equipe do jornal Diário do Nordeste desde a fundação do periódico, em 1981, sendo contemporâneo dos jornalistas Ronaldo Salgado e Agostinho Gósson.

Foto: Reprodução

O jornalismo opinativo foi a marca de Neno, que assinou a coluna “É…” até a semana passada, quando escreveu a despedida antes de tirar férias. Entre 1999 e 2013, apresentou o programa TeveNeno na TV Diário. Na TV Manchete, ele comandava atração de mesmo nome desde 1993. “Enquanto a geração nova pensa no Neno como jornalista de TV, ele na verdade é o jornalismo impresso”, ressalta o jornalista Tadeu Feitosa. 

Ética e bom humor
“Era um jornalista independente e sincero”, resume o advogado Paulo Quezado, primo de Neno. Para o ex-colega e amigo Nilton de Almeida, vice-presidente da Associação Cearense de Imprensa (ACI), o trabalho dele foi relevante pelo tom crítico adotado para apontar as falhas do poder público. Na profissão, é lembrado pela ética e pelo bom humor. “Sempre soube viver bem a vida. Gostava de praia e vivia sempre alegre”, recorda Nilton.


Da convivência de quase 30 anos na redação, o jornalista e professor Anderson Sandes guarda a memória das conversas sobre a profissão e os aspectos da vida.



“O caráter e a ética dele eram muito marcantes. E a coluna dele era perspicaz.



Ele brincava e dava uma nova dimensão aos fatos”, comenta.


Para a jornalista e familiar Ana Quezado, as lembranças são da busca de Neno pela liberdade de falar o que queria e da forma como gostava. Da participação na TV, ele adotou bordões como “é o novo” para lembrar causos antigos e “por que você é desse jeito?” ao criticar figuras públicas.

Por:Thaís Brito(Jornal O Povo)

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Desenho animado Doug Funnie hoje completa 25 anos.

Autor revela se Doug Funnie fica com Patti Maionese


Quem está na casa dos 30 anos, com certeza, já ouviu falar no personagem Doug Funnie. O tímido e desengonçado adolescente, protagonista do desenho animado Doug, exibido no Brasil pelas emissoras Nickelodeon, Rede Minas, Band e SBT, conquistou uma legião de fãs no início da década de 1990. Porém, ao final do seriado, o público ficou com uma grande dúvida: Doug Funnie teria conseguido ficar com a colega de escola Patti Maionese, o grande amor de sua vida?

Finalmente, 25 anos após a estreia do desenho, o criador da série, Jim Jinkins, revelou o destino dos personagens principais em entrevista ao site americano de notícias Entertainment Weekly. Ele conta que não existe um roteiro completo do que seria o último episódio, mas revela que chegou a produzir algumas histórias, que se passam 10 anos após o jovem protagonista ter deixado sua cidade, Bluffington, para estudar e viver em Nova Iorque."Skeeter (melhor amigo de Doug) seria seu companheiro de quarto. Judy (irmã de Doug) trabalharia como atriz no circuito fora da Broadway, atuando em papeis curiosos", diz Jinkins ao site americano.

O autor lembra ainda que o famoso cachorro de Doug Funnie, o  simpático Costelinha, ainda estaria vivo e morando com seu dono.

Porém, quando questionado se, enfim, o protagonista da série teria conseguido se relacionar com a Patti Maionese, Jim Jinkins dá uma péssima notícia para os fãs brasileiros do desenho: "não". Segundo ele, normalmente, as pessoas não ficam com o 'primeiro amor'.

Mas, ainda na entrevista ao Entertainment Weekly, o criador do desenho faz questão de dizer que há a possibilidade de mudar a história. "Talvez eu faça isso. Não existe uma regra. Posso adiantar que gostaria de ter a Patti não casada, mas, em um relacionamento sério", completa Jinkins.

Vale lembrar que a história do série animada Doug foi baseada na própria adolescência do autor, que, na vida real, era apaixonado por uma garota popular da escola.


por João Paulo Martins

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Felicidades e Saúde a Barros de Alencar

Barros de Alencar completou 76 anos


O famoso radialista, comunicador, cantor e apresentador de TV, Barros de Alencar, completou neste dia 5 de agosto, 76 anos de idade. Desejamos muita SAÚDE para esse brilhante artista que por muitos anos esteve nos primeiros lugares de audiência em todos o Brasil.

Muitos perguntam: Por onde anda o Barros de Alencar?

O que podemos dizer é que ele mora na cidade de São Paulo. Há alguns anos, ele passou por uma delicada cirurgia na garganta e desde então, vem se recuperando em casa.

Por:Adriano Barbiero

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Rede Paraibana de Notícia será inaugurada hoje, em João Pessoa.

RPN, Tera Cinco emissoras próprias e 20 afiliadas


Esta segunda-feira, 08 de agosto de 2016, marcou o dia com a inauguração da Rede Paraibana de Notícias (RPN). O grupo, que inicialmente estreia sua primeira rádio (89.3FM), será formado também por um portal de notícias e uma WebTV.

De acordo com Alessandra Torres, diretora executiva da RPN, o projeto foi fruto de pesquisas que identificaram uma oportunidade de mercado neste segmento. “Foram realizadas 12 pesquisas qualitativas e em profundidade em seis regiões do estado e, a partir daí, o modelo de negócios da RPN foi montado.”

A rádio, que estreia nesta segunda-feira em caráter experimental, vai abranger a região metropolitana de João Pessoa e será cabeça de rede para cinco rádios próprias e 20 afiliadas que deverão estar no ar até o final de 2016. A RPN será a primeira radio all news 100% paraibana.

O time de comunicadores também foi montado com base nas pesquisas. Lenilson Guedes será um deles. O apresentador tem uma tradição de liderar a audiência das manhãs desde a década de 90. Antônio Malvino é conhecido pelos resumos das notícias políticas e econômicas de João Pessoa no fim do dia com seu tradicional horário das 18h.

Alessandra Torres notabilizou-se não só como apresentadora, mas como o rosto mais conhecido da TV Correio durante 12 anos por apresentar seu principal telejornal e depois ser reconhecida como apresentadora também na rádio. Ruy Dantas enriquecerá a programação com sua característica mais marcante: opinião com equilíbrio.

O lançamento

A RPN será oficialmente lançada nesta segunda-feira, 08, no teatro Pedra do Reino, no Centro de Convenções. O evento para 1000 convidados, que começa às 19h, contará com palestras de grandes nomes do cenário nacional.

“O Brasil vive um momento econômico muito difícil e nada melhor do que trazer Gilberto Ochi, presidente da Caixa, o maior banco popular do país. Ochi irá palestrar sobre novas linhas de crédito para pessoas físicas e privadas no governo Michel Temer”, explicou Alessandra.

Luiza Trajano, dona de um dos maiores grupos varejistas do país também irá prestigiar o evento e falará sobre saídas para o varejo neste momento de crise.

Devem comparecer ao evento autoridades como o governador Ricardo Coutinho, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, os senadores Zé Maranhão e Cassio Cunha Lima, o presidente da ALPB, Adriano Galdino, deputados federais e estaduais, representantes do judiciário, entre outros.

FONTE: MaisPB

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Emissoras Mineira na cobertura do jogos Olímpicos Rio 2016

Itatiaia transmite os Jogos Olímpicos com maior equipe do rádio brasileiro


A Rádio Itatiaia de Belo Horizonte acompanhará todos os passos dos principais atletas do mundo nos Jogos Olímpicos Rio 2016, com exclusividade para o rádio de Minas.

Cerca de 30 profissionais, entre jornalistas e técnicos, estarão empenhados na cobertura, sendo a maior equipe do rádio brasileiro.

A cobertura abrangerá transmissões de futebol, natação, vôlei, vôlei de praia, basquete e atletismo, além de boletins com informações de todos os esportes ao longo da programação e atualização do quadro de medalhas. Haverá participações online do Rio de Janeiro em todos os programas esportivos da emissora.

A Itatiaia chegou ao Rio no dia 15 de julho (20 dias antes da abertura), quando iniciou as instalações de seus equipamentos em um espaço de 47m², com três ambientes, no Centro Internacional de Transmissão (IBC, na sigla em inglês), contando com presença nos locais de todos os grandes eventos.

Rede Gerais de Rádio anuncia transmissão de eventos dos Jogos Olímpicos


A Rede Gerais de Rádio de Belo Horizonte (que possui mais de 40 afiliadas em MG) está divulgando chamadas em sua programação com informações sobre cobertura e transmissão de eventos dos Jogos Olímpicos Rio-2016.

A emissora tem em sua equipe os narradores Januário Pacheco, Dadá Lino e Aldeson Rodrigues; comentaristas, Thiago Malta, Dadá Lino, Afonso Alberto, Ivanildo Cherife; repórteres Ronaldo Ribeiro, Ronan Oliveira, Luiz Carlos Gomes e Arnaldo Pinto Junior.

Mudanças no Dia Carioca!

Rádio Mania já está no ar no Rio de Janeiro


Após alguns dias de expectativa, finalmente a Rádio Mania estreou no dial fluminense. A Rádio Mania FM 102.9 entrou no ar e veicula sua plástica indicando o número da frequência, confirmando, assim, as projeções de que ela ocuparia o lugar que era da Rádio Cidade FM.

A Rádio Mania entrou no ar com sua programação popular, focada no samba, pagode e funk. Entre as músicas e no break comercial, a rádio veicula vinhetas que identificam a frequência 102.9 FM. A Rádio Mania é uma rede popular que mantém estações operando no interior fluminense e também nos estados de Goiás e Minas Gerais.

No ano passado, a rede veiculou via internet uma campanha sobre uma possível operação da rádio no Rio de Janeiro. A expectativa era de que a rede fosse ocupar a frequência 104.5 FM, o que acarretaria no encerramento da Top Rio FM na faixa. Dias depois, a emissora anunciou que não iria mais ocupar o canal, mantendo a Top Rio FM na faixa até a chegada da Fanática FM, que atualmente ocupa os 104.5 FM.


A Rádio Cidade voltou ao dial da capital fluminense em março de 2014, permanecendo no ar pouco mais de dois anos. Neste período, a emissora realizou e promoveu diversos eventos voltados ao rock. A rádio lançou, inclusive, uma cerveja com a sua marca. 


Atualmente a Rádio Mania conta com emissoras em Goiânia (106.1 FM), Volta Redonda (91.9 FM), Rio Bonito / Região dos Lagos (90.9 FM), Paraty (88.9 FM), Cachoeiras de Macacu (91.5 FM), São José do Calçado (98.1 FM) e na mineira Santos Dumont (92.5 FM). A Rádio Mania é operada e mantida pelo grupo da Universidade Salgado de Oliveira.








FONTE: Tudo Rádio

Rádio Globo perde três afiliadas!

Rádio Globo deixa o dial em três cidades do Centro-Sul


A rede liderada pela Rádio Globo AM 1100 de São Paulo e Rádio Globo FM 98.1 AM 1220 do Rio de Janeiro iniciou o mês de agosto com notícias da perda de três afiliadas. A marca deixa de operar nesta segunda-feira (1º) em Presidente Prudente (SP) e em Cascavel (PR). No dia 1º de setembro está programada a saída de Macaé (RJ).


De acordo com as informações levantadas pelo Tudo Rádio, a Rádio Globo AM 1380 de Presidente Prudente deixa o ar nesta segunda-feira (1º). Em seu lugar, entra uma programação voltada ao segmento sertanejo, com o nome de Rádio Fronteira. O site da afiliada da rede popular também está fora do ar.


A Rádio Globo AM 1270 de Cascavel também teve o mesmo destino da ex-parceira de Presidente Prudente. A frequência também está executando uma programação musical voltada ao sertanejo, porém, não foi confirmado o nome da futura rádio.


Já em Macaé, a Rádio Globo AM 820 deixará o dial a partir do dia 1º de setembro. Ao contrário das demais, que adotaram o segmento musical sertanejo, a frequência da cidade do interior carioca será ocupada por uma emissora com programação evangélica.


FONTE: Tudo Rádio

Dudu Camargo!

Dudu Camargo deixa a Super Rádio O site Notícias da TV, do jornalista Daniel Castro, publicou na manhã desta terça-feira a notícia da d...