terça-feira, 17 de outubro de 2017

Dudu Camargo!

Dudu Camargo deixa a Super Rádio


O site Notícias da TV, do jornalista Daniel Castro, publicou na manhã desta terça-feira a notícia da demissão do apresentador Dudu Camargo, da Super Rádio. Segundo o texto assinado por Castro, os atos de indisciplina de Dudu contribuíram muito, mas a falta de audiência teve peso maior na decisão. O diretor da emissora, Luis Carlos Patrício, foi ouvido pelo site e disse que o Programa Dudu Camargo fazia cair a audiência da emissora no horário das 20h as 22h. A atração tinha 2.800 ouvintes por minuto. Anteriormente, o horário tinha entre 12 mil e 13 mil ouvintes por minuto. Não foi informado no texto que tipo de programação a Super Rádio tinha antes nesse período. Vale lembrar que este não é o “horário nobre” do rádio, período em que ocorre o pico de aparelhos ligados.

Além dos problemas já relatados, Dudu Camargo esteve na berlinda também devido a seu comportamento.  No começo de setembro, ele foi advertido pela direção da emissora e ainda teve problemas com o seu então empresário Cristian Gomes. O site de Daniel Castro informa que ele não apareceu no estúdio da Super Rádio nos dias 12 (feriado) e 13 de outubro.

No lugar do Programa Dudu Camargo, a Super Rádio irá colocar no ar uma nova atração comandada por Cristian Gomes.

Por Rodney Brocanelli

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Que Isso Fera!

Profissionais de rádios de Maceió são ameaçados no Castelão em jogo da Série C


Equipes de rádio das emissoras CBN e Pajuçara, ambas de Maceió, foram ameaçadas após a narração de um dos gols do CSA por torcedores do Fortaleza durante a partida no Castelão, na noite deste sábado (14). Os profissionais da comunicação estavam na bancada destinada à imprensa, onde não há separação da torcida. Não há policiamento no local.

"Na hora do gol do CSA, narrador Cesar Pita, da Pajuçara, e Wellington Martins, da CBN, gritaram gol. Normal gritar gol. Cinco ou seis torcedores se sentiram incomodados e foram agredir. Não é justo fazer isso com a gente. Não representa o povo de Fortaleza essa media dúzia de pessoas", comentou o repórter da CBN de Maceió, Everardo Guedes.

A ira dos torcedores teria sido motivada pela narração do gol do CSA pelo radialista Wellington Martins, da CBN de Maceió. "Olha o gol do CSA, passou, passou, passou! Cadê você, Fortaleza? Cadê você, Castelão? Ô Castelão, o Leão virou um gatinho", narrou Wellington no gol de Michael Douglas, que abriu o marcador diante do Fortaleza.

Um áudio compartilhado no aplicativo de mensagens WhatsApp mostra o desabafo de um dos radialistas alagoanos (não identificado) após a confusão. "Invadiram, o Marlon foi agredido. Isso não existe. Esses caras não podem fazer isso, que a torcida possa ameaçar a imprensa alagoana. Tem um grupo querendo agredir todo mundo aqui. Cadê a Polícia? Está faltando respeito, que a Polícia venha aqui", comentou;

O comandante do Batalhão de Eventos da Polícia Militar, coronel Farias Júnior, contou que assim que foi informado da confusão enviou uma patrulha para o local, normalizando a situação. Conforme o militar, não há um policiamento específico na área, tendo em vista que nunca havia ocorrido conflito no setor.


Fonte: Esporteemidia.com

"David dá Show"

Davi Rangel de Casa Nova


O Comunicador Davi Rangel agora esta na Rádio Caledônia FM - 90,1 Nova Friburgo - RJ
Davi apresenta de segunda a sexta, de 3h às 5h da tarde, Davi comanda o "David dá Show" 
Atenção queridos e queridas!Para Cachoeiras de Macacu, Itaboraí, São Gonçalo, Região Serrana e Centro-Norte Fluminense e Ina internet para todo o brasil  pelo davirangel.com.br

terça-feira, 10 de outubro de 2017

SGR chegando ao fim!

RÁDIO GLOBO DEMITE O COMUNICADOR DAVID RANGEL.


A direção do Sistema Globo de Rádio demitiu na manhã desta segunda-feira (9) o comunicador David Rangel, que comandava o programa de samba e música popular chamado “Sambadasso”, todos os sábados, de 11h às 13h. Tão logo ele recebeu a notícia, emocionado, o comunicador pegou sua motocicleta e seguiu para sua terra natal, Nova Friburgo.

Fonte:SDRZ

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

VAI MAIS GAROTINHO!

Anthony Garotinho é preso no Rio de Janeiro

O ex-governador foi preso enquanto apresentava o programa de rádio


O ex-governador Anthony Garotinho foi preso enquanto apresentava seu programa diário, na Rádio Tupi, em São Cristóvão, por volta as 10h30 desta quarta-feira. Ele foi levado por policiais federais para Campos dos Goytacazes. No entanto, a PF ainda não sabe informar se ele vai cumprir prisão domiciliar.

No dia 11 de novembro do ano passado, ele já havia sido preso suspeito de envolvimento em um esquema de compra de votos. Segundo a polícia, uma associação criminosa foi montada para fraudar as últimas eleições no município de Campos, em que foi eleita a ex-governadora Rosinha Matheus.

À época, ele foi levado para a superintendência da Polícia Federal no Rio, na Praça Mauá. O primeiro mandado de prisão preventiva foi expedido pelo juiz Glaucenir Silva de Oliveira, na Operação Chequinho da Polícia Federal, que investiga o uso eleitoral do programa "Cheque Cidadão".

Treze dias após a prisão, o ex-governador foi solto. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revogou a decisão e impôs uma fiança de R$ 88 mil para que ele ficasse em prisão domiciliar. 

Em junho, a Justiça Eleitoral do Rio negou o pedido de prisão preventiva do ex-governador do Rio. O pedido feito pelo Ministério Público Estadual de Campos dos Goytacazes alegava que Garotinho estava ameaçando uma testemunha do caso que investiga o uso do programa assistencial Cheque Cidadão para fraudar a eleição municipal do município.

A suposta ameaça foi relatada pela radialista Elizabeth Gonçalves em depoimento à polícia em maio. Outra acusação feita pelo promotor é de que Garotinho estivesse usando seu blog para atacar testemunhas ainda não ouvidas no processo. 

Elizabeth, que trabalhou na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social de Campos, foi presa em outubro de 2016 acusada de participar de um esquema de compra de votos por meio do programa assistencial. Em depoimentos, ela informou como o suposto esquema funcionava. Em 8 de maio passado, ela procurou a Polícia Federal para denunciar as ameaças. Elizabeth diz que está sendo perseguida desde que admitiu sua participação e contou detalhes sobre a compra de votos.

Em nota, a defesa de Garotinho repudiou "os motivos apresentados para a prisão do ex-governador e entende que a decisão de mantê-lo preso em casa, em Campos, tem a intenção de privá-lo de seu trabalho na Rádio Tupi e em seus canais digitais e, com isso, evitar que ele continue denunciando políticos criminosos importantes, alguns deles que já foram até presos".

A defesa negou ainda as acusações contra ele e informou "que ele nunca nem foi acusado de roubo ou corrupção. O processo fala de suspeitas infundadas de compra de votos, o que por si só não justifica prisão".

"A prisão domiciliar, além de não ter base legal, causa danos à sua família já que o impede de exercer sua profissão de radialista e sustentar sua família", completou a defesa, acrescentando que o ex-governador irá recorrer da decisão.

Fonte: O DIA

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Rádio ABC com uma nova programação.

 Rádio ABC de Santo André reforça sua programação com comunicadores famosos


Tendo em vista as "pouquíssimas" emissoras AM populares na cidade de SP com espaço para contratar nomes famosos da comunicação, a Rádio ABC de Santo André (AM 1.570 kHz), tradicional emissora no ABC paulista, encontrou uma maneira de reforçar a sua programação e manter a tradição do rádio AM.

Oferecendo boas condições comerciais aos comunicadores, a Rádio ABC anuncia a contração dos veteranos radialistas Paulo Barboza e Rony Magrini, ambos estreiam no dia 4 de setembro.

Paulo Barboza vai apresentar o seu programa das 14h às 17h.  Ele ainda segue apresentando seu programa na Super Rádio (AM 1.150 kHz), a partir das 8h da manhã. 

Rony Magrini que após quase 4 anos, deixou na sexta-feira (25/08) a Rádio Globo de SP, vai comandar a atração na Rádio ABC, das 11h às 14h. 

Outro importante nome na Rádio ABC é Kaká Siqueira, que já havia estreado no dia 14/08.

O “Show do Antônio Carlos” já soma mais de 260 mil ouvintes no horário do seu programa. Está com 50% a mais de audiência do que a segunda colocada.

ANTÔNIO CARLOS CONTINUA  LÍDER DE AUDIÊNCIA 



A direção da Super Rádio Tupi e os seus anunciantes estão eufóricos depois de tomar conhecimento dos números de audiência que colocam a emissora em primeiro lugar no ranking radiofônico do Rio de Janeiro. Completando, nesta terça-feira (29), três meses diante do microfone da Tupi, Antônio Carlos agradeceu à família Marinho por ter trabalhado na Rádio Globo, seu último empregador, mas foi impiedoso com a atual direção.

O Show do Antônio Carlos foi líder absoluto de audiência em seu horário desde que o programa começou na Rádio Globo, em 1987, e continua sendo agora na Tupi. No texto promocional que dizia quem era o comunicador campeão de audiência, a própria Rádio Globo reconhecia o talento do hoje adversário no seu material promocional, quando ele ainda integrava a rádio dos Marinho. Leia abaixo:

“É uma história de sucesso que vem de longe, do tempo em que o jovem Antônio Carlos aproveitava a acústica do banheiro de casa para ensaiar scripts do programa Gente Que Brilha, que ia ao ar na Rádio Nacional, no vozeirão de Paulo Roberto.

Mas o comunicador era fã mesmo de outra grande estrela da época, César de Alencar: “Era o meu ídolo. Gostava do jeito que ele falava, da forma como conduzia os seus programas. Foi nele que me inspirei”, revela, olhando para uma estrada que já tem mais de 55 anos de luta e experiência.

O carioca irrequieto, alegre e ativo, que sacode a audiência (…) de segunda a sexta-feira, cultiva esse jeito de ser desde o tempo da Brigada de Paraquedista, nos anos 50. Até hoje, o comunicador carismático não consegue viver sem a sua ginástica e as corridas na praia.

Queria fazer rádio e foi de uma garra impressionante para atingir este objetivo. Aluno do Instituto Lafayette, em frente à Igreja de São Sebastião, na Tijuca, jogava basquete e, por ter boa voz, foi convidado a entrar para um grupo de radioteatro amador. Não para ser ator, isso ele não tinha muito jeito para fazer, mas como narrador das peças.

Antônio Carlos ralou muito por um lugar ao sol. Seu início de carreira, em 1959, foi na Rádio Continental com a função de locutor-auxiliar. Lia mensagens comerciais ao vivo. Como gostava muito de jazz, usava um estúdio para produzir um quadro de jazz, na Rádio Metropolitana, que também pertencia ao Grupo ORB – Organizações Rubens Berardo.

Quando surgiu a TV Continental, canal 9, em 1960, ele foi pedir emprego a Dermival Costa Lima. O diretor perguntou o que ele sabia fazer. “Eu tenho um programa de jazz”, argumentou, exagerando. Afinal, era apenas um quadro. Dermival fez a contraproposta: “Jazz não é popular. Você vai fazer um programa de jazz e bossa nova. Começa na quinta-feira”. Antonio Carlos inaugurava ali uma nova etapa em sua vida profissional, produzindo, apresentando e dirigindo TV.

Trabalhou na nova Capital Federal, na recém-criada TV Brasília. Participou da fundação da TV Gaúcha. De volta ao Rio, passou pela TV Tupi, depois pela TV Tupi de São Paulo, e na produção de Sílvio Santos, então na TV Globo. Trabalhou na Rádio Roquette-Pinto, depois na Tupi e, em 1987, veio para a Rádio Globo, trazendo na bagagem o show que leva o seu nome.

Querido pelo público e companheiro de todas as manhãs, Antônio Carlos já foi homenageado com o seu nome batizando um páreo do Jóquei Clube Brasileiro. Também foi enredo da Escola de Samba Acadêmicos de Santa Cruz, vendo a sua vida ser cantada em prosa e verso no maior palco do mundo, o Sambódromo do Rio.

Não existe, porém, reconhecimento maior quando, diariamente, abre entrevistas com personalidades usando o seu tradicional “Acorda!” e, em troca, só ouve elogios.”

Para quem leu o texto acima com rasgados elogios, não é novidade que agora na Tupi Antônio Carlos prossiga sua trajetória de sucesso. A novidade é ouvi-lo falar tão abertamente sobre os concorrentes. Ao SRzd, há pouco mais de 3 meses ele dizia que bastaria estrear na nova casa que “venceria a Globo”. E  venceu, mesmo!

Por Sidney Rezende 

A VOZ DO BRASIL

Morre João Marques, locutor de "A Voz do Brasil"

Foto: Divulgação

Morreu nesta sexta-feira (25) João Marques, uma das vozes mais conhecidas de A Voz do Brasil, programa que começou a apresentar em 1974. Foi um dos grandes locutores do país e do início do rádio em Brasília. O radialista mudou-se do Rio de Janeiro para a capital federal em 1961 e passou por diversas emissoras, como a Nacional, a Educadora, a Alvorada e a Rádio Senado, onde atuou até 2009.

João Marques apresentou o Jornal do Senado, dentro do programa A Voz do Brasil, pela primeira vez em 1974. Ficou 35 anos como titular do posto. Com a criação da Rádio Senado, em 1997, liderou o time de locutores da emissora.Também emprestou sua voz marcante a diversos programas premiados da Rádio Senado, como o Brasil 500 anos.

O primeiro diretor da Rádio Senado, Silvio Hauagen, lembra que João Marques foi o responsável pela primeira transmissão da emissora, em 29 de janeiro de 1997. “O João Marques foi a primeira voz a surgir na programação da Rádio Senado. João Marques é um nome que dispensa maiores comentários, conhecido nacionalmente. Não há quem desconheça a voz do João Marques”, disse.

Tendo se aposentado em 2003 como servidor efetivo do Senado, não demorou muito para que João Marques voltasse a comandar A Voz do Brasil, desta vez como terceirizado. O afastamento definitivo só veio mesmo em 2009, com a realização de concurso público na área de locução para a Rádio Senado. Naquela ocasião, João Marques saudou os novos locutores concursados que tomavam posse.

“Gente, vocês estão fazendo a partir de agora aquilo que eu sempre sonhei, ser locutor de rádio. Eu agradeço muito a Deus por ter tido essa oportunidade nessa empreitada. Parabéns!”, disse ele.

A diretora da Secretaria de Comunicação Social do Senado (Secom), Angela Brandão, lamentou o falecimento do locutor em nota de pesar e registrou sua contribuição como servidor e locutor da emissora.

“Mesmo aposentado do Senado Federal, João Marques continuou trabalhando na Casa até 2009, exercendo sempre com brilhantismo e competência a apresentação de programas jornalísticos e culturais. Uma personalidade inteligente, afável e gentil, Joãozinho, como era carinhosamente chamado pelos colegas, vai deixar uma saudade enorme em todos aqueles que tivemos a oportunidade de com ele conviver. É uma perda irreparável para o Rádio no Brasil.”, afirmou Angela.

João Marques morreu aos 84 anos. Ele estava internado por conta de uma pneumonia e teve um infarto nesta sexta-feira (25).

FONTE: GAZETA DO POVO

sábado, 5 de agosto de 2017

Rede Mais Esportes

Rede Mais Esportes já é um sucesso no Rio de Janeiro



Iniciada em janeiro deste ano, a “Rede Mais Esportes” já se consolidou no Rio de Janeiro. Com profissionais rodados em grandes veículos de comunicação e novos nomes, a “Rede Mais Esportes” chama atenção do público pela qualidade do produto oferecido ao ouvinte.




Sem reinventar o jeito de fazer rádio esportivo, a equipe mostra que o simples ainda faz sucesso. A mais jovem equipe de rádio carioca conta com nomes como Kadu Macri (ex- Esporte Interativo, Bradesco FM); Cassiano Carvalho, Joel Silva e Victor Mendes (Ex- Tupi); Jorge Ferreira (ex- Tupi, Manchete); Ricardo Oliveira e João Santoro (ex-Manchete). A equipe ainda tem Vinicius Gama, conhecido no meio como “o melhor plantão do Brasil”. O narrador Leandro Pereira, os comentaristas Rodrigo Coutinho e Gabriel Gontijo e o repórter Antônio Junior fecham o time.

A “Rede Mais Esportes” segue o padrão de horários e programação esportivas das grandes rádios. De segunda à sexta-feira, das 20 às 21hs é possível acompanhar as informações do futebol no programa “Mais Esportes” com a apresentação de Cassiano Carvalho e comentários de Rodrigo Coutinho.

Aos sábados às 15hs, Kadu Macri comanda o “Debate Mais”. O programa conta com os comentaristas da rede e sempre recebe um convidado especial.

Aos domingos, de 13 às 15hs, Victor Mendes comanda o “Balanço”. O programa conta com a participação do comentarista Rodrigo Coutinho. Os dois projetam os jogos do domingo, recebendo os setoristas dos times espalhados pelo Brasil. Além de muita informação, o programa esquenta a hora do almoço com os sucessos do momento.

É claro que a “Rede Mais Esportes” transmite os principais jogos dos times do Rio de Janeiro. Um dos coordenadores do projeto, Michel Menaei é também o responsável pela qualidade do som nas transmissões esportivas ao lado do “mago da visão” João Cardoso.

A Rede Mais Esportes pode ser ouvida de várias maneiras:

Rádio Mais Carioca;
Rádio Catuca;
Rádio Alternativa Mais FM 99.1MHz em São João de Meriti;
Pop Rio FM 98,7MHz (Zona Sul);
Itaipava FM 98,7MHz (Região Serrana).

por:Rádio de Verdade.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Triste a equipe da Rádio Cidade AM acabou

EQUIPE ESPORTIVA DA RÁDIO CIDADE DE FORTALEZA ACABA APÓS GRUPO RETOMAR EMISSORA


Uma novidade nada agradável agitou o rádio esportivo de Fortaleza nos últimos dias. A equipe da Rádio Cidade AM acabou. A emissora estava arrendada ao empresário Nelson Oliveira que também comandava a equipe de esportes, mas o proprietário do Grupo Cidade, Miguel Dias, decidiu retomar a emissora e o departamento esportivo foi dissolvido.

A equipe era composta pelos narradores Vilar Marques e Anastácio de Castro, os comentaristas Daniel Campelo, Alano Maia e JB Fonteles, os repórteres Ibernom Monteiro, Océlio Pereira e Júnior Marquezine, e o plantonista Mário Otoni (que está indo para a Rádio Assunção). O âncora e coordenador da equipe era Flávio Moreira. 
A emissora tinha programa esportivo em dois horários: de 11h00 às 12h00 e 18h00 às 19h00. Acredita-se que um bom número de causas trabalhistas serão direcionadas ao Grupo Cidade no futuro.

Morre Paulo Sant'Ana

Morre em Porto Alegre o jornalista Paulo Sant'Ana, aos 78 anos 

Foto: Divulgação 

Morreu na noite desta quarta-feira, aos 78 anos  Paulo Sant’Ana, um dos jornalistas e radialistas mais populares da cidade de Porto Alegre. A causa da morte foi uma parada cardiorrespiratória. Ele estava afastado de suas atividades no Grupo RBS havia pouco mais de dois anos devido a uma doença chamada demência vascular. Desde o diagnóstico, ele esteve sob cuidados médicos em sua residência.

Paulo Sant’Ana foi um dos pilares do sucesso do programa Sala de Redação, da Rádio Gaúcha. A atração criada por Cândido Norberto em 1971 tinha como base entrevistas com redatores e editores do jornal Zero Hora que falavam sobre o noticiário geral do dia. Sant’Ana já era conhecido por ser torcedor do Grêmio e por vezes era convidado a falar do seu time no programa. Suas intervenções causaram grande repercussão. A RBS resolveu dar a ele um contrato para ser debatedor fixo do programa. De quebra, ganhou uma coluna no Zero Hora. Para o Sala de Redação não pender tanto para o lado do Grêmio, a direção da emissora resolveu também instituir um comentarista que falasse de seu principal rival, o Internacional. A partir de então, o Sala passou a ser um programa eminentemente sobre futebol.

Em Zero Hora, Sant’Ana escrevia apenas sobre futebol ou sobre o Grêmio. Com o tempo, passou a ser um cronista do cotidiano, ou generalista, como os gaúchos definiam. Nos últimos tempos, tinha um blog pendurado no site do jornal.

sexta-feira, 14 de julho de 2017

RÁDIO CAPITAL ASSUME LIDERANÇA DO RÁDIO AM NA GRANDE SÃO PAULO

Depois de 27 anos na liderança, a Rádio Capital ultrapassou a Nova Rádio Globo


Conforme dados oficiais do principal Instituto de Pesquisa que as emissoras assinam na Grande São Paulo, a Rádio Capital é a nova líder absoluta de audiência do rádio em amplitude modulada (am) da Grande São Paulo. Feito então alcançado somente em alguns horários ao longo dos anos como por exemplo das 14 as 15 horas com o comunicador Eli Corrêa, ou em outros horários de jornadas esportivas por exemplo. Mas dessa vez foi diferente, a Rádio Capital conseguiu um feito que só a Rádio Record conseguiu em 1988 na última grande época do rádio popular  em São Paulo. 

Nessa época a Record contratou a peso de ouro grandes comunicadores que estavam justamente na Rádio Globo e ficou em primeiro lugar com Osmar Santos e Companhia até o início dos anos 90, quando a Globo se reforçou e desde então dominava o rádio am. No começo dessa semana o Ibope confirmou a liderança da Capital de segunda a sexta-feira no horário das 6 da manhã até às 19 horas. Os números são do último trimestre abril/junho - pegando inclusive essa fase de transição da Nova Rádio Globo que entrou no ar em FM depois de três adiamentos no último dia 21 de junho.

Confiram os números oficiais do IBOPE do último trimestre abril, maio, junho - de segunda a sexta-feira das 6 às 19 horas na Grande São Paulo - Rádio AM - ouvintes por minuto - ambos os sexos.

Emissora             %     ouvintes por minuto
1 - Rádio Capital       0.62       114 mil
2 - Rádio Globo         0.57       106 mil
3 - Rádio Jovem Pan  0.20
4 - Rádio Bandeirantes       0.14


A Rádio Globo perdeu nesse trimestre  7643 ouvintes, já a Rádio  Capital apresentou crescimento de 3.348 ouvintes, o que mostra claramente que verdadeiro ouvinte do  am que ficou "órfão" com a mudança da programação e o enfoque da Globo em destacar o FM,  migrou para a Capital. E olha que esse levantamento pegou apenas cerca de 15 dias da Nova Rádio Globo, a expectativa é que a cada divulgação do Ibope nos próximos meses faça com que a diferença entre Capital e Globo aumente consideravelmente. 

Mesmo tendo um reflexo da audiência do Padre Marcelo, o horário das 9 as 10 da manhã da Globo que hoje pertence ao comunicador Otaviano Costa, segue com bons números, cerca de 320 mil ouvintes por minuto, mas na medida que o ouvinte se depare com um novo produto esse número deve diminuir nas próximas medições do Instituto de Pesquisa, O "Momento de Fé vai da meia noite a uma da manhã, em dias de jogos começa meia noite e meia.  

O destaque da programação da Capital que ao contrário da Globo faz questão de destacar a importância do rádio am e de seus comunicadores todos identificados  com os ouvintes. Além do líder de audiência Eli Correa, outro experiente comunicador que vem obtendo índices pra lá de expressivos nos últimos trimestres é ótimo  Paulo Lopes de 70 anos com o seu "Show do Paulo Lopes"  das 10 ao meio dia. Paulo Lopes mantem a mesma fórmula de sucesso mesclando  Polêmicas, opiniões inteligentes e convidados renomados transformam o  seu programa em um dos mais ouvidos principalmente  entre 11 da manhã e meio dia. O programa de Esportes "Show de Bola Capital"  é o novo líder do horário das 18 às 19 horas,  agora é o único do segmento do horário já que o tradicional Globo Esportivo saiu dessa faixa e foi literalmente jogado para às 20 horas. Pois bem a equipe de esportes ganhou 1.700 ouvintes, chegando a marca de 23.300 ouvintes por minuto. A direção da emissora está fazendo alterações  no conteúdo da rádio criando novos produtos e dando oportunidades para novos comunicadores e produtos sem depreciar seus grandes comunicadores ou sem ter ideias mirabolantes. Um exemplo disso é o programa  "Tamo Junto" com a dupla Angela Matos e Paulo Eugênio. Um exemplo de que o rádio bem conversado e bem humorado não  precisa estar no FM para fazer sucesso. Uma nova linguagem que vem dando certo e também aumentando os números no horário.

Se compararmos a audiência do FM nesse trimestre (abril-junho 2017) a Rádio Capital está entre as 10 mais ouvidas do dial, confira o ranking.

1 - BAND FM
2 -  Nativa FM
3 - Transcontinental FM
4 - Gazeta FM
5 - Alpha FM
6 - Metropolitana FM
7 - CAPITAL AM


por Anderson Cheni 

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Dudu Camargo na Super Rádio!

Dudu Camargo estreia na Super Rádio


Estreou nesta segunda-feira, 26 o programa de Dudu Camargo na Super Rádio (SP). Na sua investida como comunicador de rádio, o garoto prodígio do SBT contou com convidados ilustres no estúdio: o jornalista Daniel Castro e o humorista Evandro Santo, com o seu consagrado personagem Christian Pior. Ao lado de Dudu, como co-apresentador, seu assessor Christian Gomes, que também faz uma imitação de Silvio Santos.

Durante o programa, Daniel Castro falou sobre notícias envolvendo os famosos da televisão, sem escapar de perguntas sobre sua passagem pelo portal R7, ligado à Record. Por sua vez, Evandro Santos fez as suas já tradicionais intervenções bem humoradas.

Pelo telefone participaram ainda Celso Portiolli e Sônia Abraão. O apresentador do Domingo Legal falou sobre os bastidores de seu programa e revelou que a partir de 2018 voltará a comandar uma atração com quatro horas de duração. Promessa de Silvio Santos (no caso, o verdadeiro). Sônia aproveitou para puxar a orelha de Dudu devido à sua participação no Pânico na Band. Ainda sobre esse assunto, mais adiante, Dudu aproveitou para rebater as críticas publicadas em portais da Internet relacionadas à sua participação no programa dominical da Band. Não foi uma resposta direta Ele preferiu destacar  os recentes resultados de audiência e de retorno dos patrocinadores do Primeiro Impacto no SBT.

Além dessas participações ilustres, Dudu tocou músicas e respondeu às perguntas de ouvintes. Na estreia, o programa ficou muito centrado na questão das notícias de celebridades e nas polêmicas do apresentador (ele falou sobre a saia justa com Maísa Silva). Para as edições seguintes, o desafio será procurar diversificar os assuntos para não tornar a atração monótona. O programa irá ao ar de segunda a sexta, das 20h as 22h.

Por Rodney Brocanelli

segunda-feira, 26 de junho de 2017

EXCLUSIVO!


NARRADOR JOTA SANTIAGO DE VOLTA NA SUPER RÁDIO TUPI


O locutor esportivo Jota Santiago está de volta na Super Rádio Tupi do Rio de Janeiro. Ele será, a partir de julho, o segundo narrador da equipe de esportes. O pedido teria partido de José Carlos Araújo. A emissora deve anunciar oficialmente nos próximos dias.

Em contato feito pelo jornalista Sergio Solon Santos do site Rádio de verdade, o Garotinho José Carlos Araújo falou sobre o assunto: ” Foi o presidente Josemar Gimenez que teve a ideia é me consultou. Lógico que vibrei. Um grande profissional e um ser humano extraordinário”, disse Garotinho.

Por: Auvaro Maia

segunda-feira, 5 de junho de 2017

O Rádio perde mais um ícone!

Barros de Alencar, cantor, compositor e radialista, morre aos 84 anos

O comunicador de rádio e TV estava internado em um hospital no bairro da Mooca, em São Paulo, e morreu no início da madrugada.


Barros de Alencar morreu na madrugada desta segunda-feira (05), aos 84 anos. Cantor, compositor e comunicador de rádio e TV, ele estava internado em um hospital no bairro da Mooca, em São Paulo. Segundo post feito por Virgínia Barros, irmã do radialista, no Facebook, o enterro acontece às 13h30, no cemitério Primavera em Guarulhos, Grande São Paulo.

Pela manhã, o radialista Kaká Siqueira, locutor da Tropical FM 107,9 - SP, afirmou que Barros entrou em coma no domingo (04). "Ele estava com o coração bem fraquinho", afirmou Kaká, que relembrou ainda o período em que o amigo passou por problemas nas cordas vocais e precisou passar por uma cirurgia.

Cristóvão Barros de Alencar nasceu na Paraíba e iniciou sua carreira como radialista em Campina Grande, na Rádio Borborema. Na década de 1960, passou também pelas rádios Tupi, Record e América. Em 1966, lançou seu primeiro disco. Entre seus projetos musicais, gravou em 1975 uma versão em português de "Emmanuelle", trilha do famoso filme homônimo da época. Ao longo dos anos, intercalou a carreira musical com seu reconhecido trabalho nas rádios.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Reinaldo Azevedo assinou com a Bandeirantes


O jornalista Reinaldo Azevedo assinou na noite desta quinta-feira contrato com a Bandeirantes. 

Mas o seu destino não será a rádio Bandeirantes, e sim a BandNews FM. Ele terá um programa das 18 às 19 horas, para toda a rede,  e a estreia está confirmada para a próxima segunda-feira. 

O nome do programa, nos mesmos moldes de “Os Pingos nos Is”, que apresentava na Jovem Pan, será definido ainda nesta sexta-feira.

O profissional, recém-saído da Veja e da Pan, passou boa parte da tarde de hoje na sede da Bandeirantes, em reunião com a alta cúpula, discutindo os detalhes do contrato. Na televisão seu trabalho continuará normalmente na Rede TV.

Por: Flavio Ricco

quarta-feira, 24 de maio de 2017

De volta para a Tupi!

Alexandre Ferreira na Super Rádio Tupi


O comunicador Alexandre Ferreira vai estrear no dia 29 de maio na programação da Super Rádio Tupi. De 0h às 2h tem o Programa Alexandre Ferreira.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Zora Yonara é demitida da Rádio Globo


A radioatriz e astróloga Zora Yonara foi demitida na tarde de hoje na Rádio Globo do Rio de Janeiro.

Entramos em contato na tarde de hoje com Zora, que havia acabado de ser demitida. Fomos informados de que ela estava indo para o hospital.

A secretária de Zora Yonara informou às 19h25 que a astróloga foi para o hospital fazer um exame de rotina, mas que passa bem, fato que não havia explicado no primeiro contato.

Informações de bastidores na Rua do Russel dão conta de que Aldenora Santos ( “Pudica”) e o sonoplasta Toninho Malvadeza podem seguir o mesmo caminho. Aldenora inclusive está passando as férias em Fortaleza. Ambos não retornaram as ligações.

Entramos em contato com a Rádio Globo, que ainda não se pronunciou através de sua assessoria.

Por: Rádio de Verdade!

Gelcio Cunha é demitido da Rádio Globo


O radialista Gelcio Cunha foi comunicado de sua demissão na manhã de hoje. Ele prestou 36 anoas de serviço ao Sistema globo de Rádio e estava apresentando atualmente o programa criado recentemente “Acorda,Cidade”.

Porém existe um pequeno imbróglio entre o INSS e o RH do Sistema Globo de Rádio, isso porque faltava menos de 1 ano para a aposentadoria de Gelcio.

Em contato feito pelo site, Gelcio  afirmou que é triste a despedida. “Fui comunicado pela rádio, mas eu sinceramente esperava que isso acontecesse. Eles querem mudar a programação, querem outro público. Querem transformar uma rádio povão numa rádio segmentada. Amanhã nem vou mais na rádio. Eu vou carregar a rádio Globo pra sempre na minha alma. Eu sou rádio, né?”, disse Gelcio Cunha.

Por: Radio de verdade

Adriane Galisteu vai ter programa na Rádio Globo



Adriane Galisteu vai comandar um novo programa de rádio. A apresentadora está confirmadíssima para o Papo de Almoço, às quartas, pela Rádio Globo. Ela anunciou a novidade em seu Instagram.

“Sempre tive uma relação forte com o rádio. Este novo trabalho me deixa muito feliz por isso. Acredito no poder de comunicação do rádio. Minha participação será semanal, nas manhãs de quarta. Entro no ar às 11h da manhã”, adiantou Galisteu para QUEM.

A apresentadora já tem experiência em rádios. Há 20 anos, ela estreou na rádio apresentando o programa Torpedo, na Jovem Pan, ao lado de Luciano Huck. “Minha estreia no rádio foi em 1997, quando fiz parte da Jovem Pan”, disse Galisteu, que comandou a atração por três anos.

Atualmente, ela está em cartaz com o musical infantil A Bela Adormecida, no Teatro Opus, em São Paulo. Na peça, a apresentadora contracena com o filho, Vittorio, de 6 anos, e interpreta a vilã Malévola.







*Com informações da revista Quem, do Grupo Globo

terça-feira, 28 de março de 2017

Aceesp e FPF se manifestam sobre o caso Carlos Batista

Carlos Batista é obrigado a ficar agachado na cabine durante transmissão em Sorocaba


A Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo e a Federação Paulista de Futebol  divulgaram notas de repúdio sobre o incidente envolvendo o narrador Carlos Batista, da Rádio Bandeirantes, de Campinas. No último domingo, durante a partida entre São Bento e Ponte Preta, válida pelo campeonato paulista, Batista teve de ficar agachado na cabine para fugir da hostilidade de parte dos torcedores locais. A partida aconteceu no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba.

A Aceesp, entidade responsável pelo credenciamento da imprensa, informa que acionou s presidentes do Esporte Clube São Bento, Fernando Martins da Costa Neto, e da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, a fim de que providências sejam tomadas.

Segue a nota: “Infelizmente, não é a primeira vez e não se resume a um clube, a um jogador, a uma torcida, nem a um estádio especificamente. A cada dia a intolerância se faz presente nas praças esportivas com episódios lamentáveis de agressões contra profissionais de imprensa que estão apenas no exercício da profissão cumprindo seu dever de informar. A ACEESP repudia toda e qualquer agressão contra jornalistas, que fere a liberdade de expressão e o direito garantido na Constituição”.

Por sua vez, a Federação Paulista de Futebol, organizadora da competição, disse na sua manifestação que “todo profissional de imprensa tem o direito de atuar livremente dentro de seu espaço dedicado, esteja ele dentro ou fora do seu município de origem”. E encerra dizendo que vai dialogar com a diretoria do São Bento para que casos como esse não voltem a se repetir.

Até agora, o São Bento não usou seus canais oficiais para se pronunciar sobre o caso. No entanto,  a assessoria de imprensa do clube fez apenas uma breve manifestação ao portal UOL dizendo que essa atitude dos torcedores não representa a torcida do clube, formada por gente pacífica e muitas famílias. Leia aqui.
Leia aqui a nota da Aceesp: http://www.aceesp.org.br/site/?p=4589

Leia aqui a nota da Federação Paulista de Futebol:  http://www.futebolpaulista.com.br/Noticias/Detalhe.aspx?Noticia=1328

Por: Rodney Brocanelli

quarta-feira, 22 de março de 2017

O ultimo a sair apague a Luz! Estão Acabando com a Rádio Globo

Depois de 30 anos, Antônio Carlos pode deixar a programação da Rádio Globo


Em 1987 chegava o “Show do Antônio Carlos” na programação da Rádio Globo do Rio de Janeiro. Em 15 de maio de 2017 o líder de audiência no segmento popular pode deixar a programação da emissora da Rua do Russel. O comunicador não confirma, mas está apreensivo com o destino que seguirá. A saída da grade faz parte da reformulação que a rádio fará até maio.

A ele foi feito uma oferta: poderá ter um programa aos sábados e domingos, certamente porque a preocupação é não perder os anúncios do Supermercados Guanabara, principal cliente de sua agência publicitária.

O programa “Show do Antonio Carlos” completou 40 anos na última sexta-feira, sendo transmitido nos 10 primeiros anos pela Rádio Tupi e nos últimos 30 pela Rádio Globo.

Roberto Canazio nega ter sido comunicado de qualquer mudança, mas a diretoria tende a tirar o líder Manhã da Globo da grade.

Conforme antecipado pelo site Rádio de Verdade há meses, Otaviano Costa deve ter um programa de 08h às 11h. Circula pelos corredores da emissora que Mariana Godoy deve ter um programa de notícias de 06h às 8h.  Também está confirmada a contratação da locutora Rafaela Ferraz (ex-JB FM), para apresentar a faixa musical no período da tarde.

Não temos informações sobre qual será o destino dos demais integrantes da equipe do programa que são: Juçara Carioca, Gelcio Cunha, Aldenora Santos, Zora Yonara, Renato Cantharino e Tuninho Malvadeza.

A grade dúvida agora é o que vai ser feito do “Momento de Fé”, apresentado pelo Padre Marcelo Rossi. Este é o programa de maior audiência do rádio brasileiro e praticamente garante a média da Globo no IBOPE há mais de uma década.
A confirmação da saída do “Show do Antonio Carlos” da grade de programação da Rádio Globo só aumenta os rumores sobre uma possível ida do programa, que é líder de audiência nas manhãs do Rio, para a Super Rádio Tupi, a principal concorrente da Globo no Rio.

Por Sergio Solon Santos

quinta-feira, 9 de março de 2017

Rádio Capital voltará a transmitir futebol


A partir da próxima segunda-feira, a Rádio Capital (SP) voltará a contar com uma equipe para a transmissão das principais partidas do futebol brasileiro. O comando será de Weber Lima. Ele comandará um  programa esportivo diário das 18 às 19 horas. As transmissões aconteçerão  às quartas, quintas, sábados em domingos. O narrador será Hugo Botelho. Participações de Zetti, Basílio, Veloso, Marcelo Lima, Douglas Araújo, nomes que faziam parte da antiga equipe da Rádio Estadão. A estreia acontece na próxima segunda, dia 13.

A boa notícia é a volta ao dial paulistano de Hugo Botelho, que deverá conciliar essa função de narrador principal (e único?) da Capital com seu trabalho nos canais ESPN e na Rádio Bandeirantes, de Campinas.

No ano passado, a Capital transmitiu jogos de futebol com uma equipe  que teve Paulo Eugênio, filho do comunicador Paulo Barboza, cuja caraterística era a uma transmissão totalmente a favor dos times paulistas, com narradores identificados com os principais clubes de São Paulo. Diguinho Coruja  foi o narrador dos jogos do Corinthians, para ficar nesse exemplo.

Por Rodney Brocanelli

E segue a Datenodependência no Grupo Bandeirantes


O fim da Bradesco Esportes FM não significara o fim da experiência radiofônica atual de José Luiz Datena no Grupo Bandeirantes. A Rádio Bandeirantes já tem um programa reservado para ele, que vai estrear na próxima segunda. O material de divulgação publicado nas redes sociais  chama a atração de “Manhã Bandeirantes: 90 Minutos de notícia e opinião com José Luiz Datena“. No entanto, não seria surpresa se o nome “90 Minutos”  for mais utilizado no ar.

Essa mudança é apenas mais um reflexo da Datenodependência, sobre a qual já falamos aqui e em outros espaços (clique aqui). Não basta apenas Datena ter sucesso na televisão. Ele é encaixado onde se necessite da sua presença. O caso da Bradesco Esportes é emblemático. Em 2014, ele chegou à emissora para apresentar o Nossa Área e a resposta da audiência foi muito expressiva.

Se Datena é o cara que ajuda as rádios do grupo a conquistarem bons resultados, nunca é demais esquecer que as variações de seu humor podem criar incidentes. Em 2012, ele chegou a abandonar a apresentação do “Manhã Bandeirantes” devido a desentendimentos com a produção.

Com a chegada de Datena, não se sabe qual será o futuro de Marcelo Duarte, atual apresentador do “Manhã Bandeirantes”.












Por Rodney Brocanelli

sexta-feira, 3 de março de 2017

Deve ser o motivo da demissão de Haroldinho!

Anthony Garotinho volta para a Super Rádio Tupi



Acreditem se quiser, Anthony Garotinho, e o novo reforço da Super Rádio Tupi.

Ele assinou contrato com a emissora e dia 13 de março estreia seu programa as 9hs.

Garotinho não virá sozinho muito provavelmente trara sua equipe que esteve com ele na Manchete AM.

Vejam a postagem de Anthony Garotinho na sua página no facebook.

quarta-feira, 1 de março de 2017

Bradesco Esportes FM deixa dial carioca!

BRADESCO ESPORTES SE MANIFESTA SOBRE FIM DAS ATIVIDADES NO RIO DE JANEIRO




A Bradesco Esportes FM do Rio de Janeiro já não conta mais com programação local. Os trabalhos da equipe foram encerrados na última sexta-feira (24). A partir das 20h00 do mesmo dia, a rádio passou a retransmitir a Bradesco Esportes FM de São Paulo.

No dia seguinte aconteceria os jogos semifinais da Taça Guanabara que não contou com transmissão da emissora carioca. Um comunicado oficial sobre o fim da grade local foi publicado pela emissora na internet.

"Em respeito aos nossos milhares de ouvintes, confirmamos o fim das atividades da Bradesco Esportes FM no Rio de Janeiro. Desde ontem retransmitimos a programação de São Paulo. Queremos especialmente agradecer pela companhia, colaboração e participação. Sempre mantivemos a filosofia de fazer uma rádio por e para os espectadores. Esta será a última mensagem postada na página mas o conteúdo será mantido para consulta e homenagem aos profissionais que por aqui passaram. Continuem prestigiando as emissoras do Grupo Bandeirantes de Comunicação. Em breve, teremos novidades. Felicidades a todos!", diz o comunicado.

por:Esporteemidia.com

Mudanças no dial de Porto Alegre!

Rádio Pampa retorna ao dial FM de Porto Alegre. Eldorado deixa a sintonia 97.5 FM


O mês de março começou movimentado no rádio da Grande Porto Alegre. A Rádio Pampa AM 970 retornou ao dial FM da capital gaúcha, substituindo a Eldorado FM 97.5. A mudança pegou de surpresa a audiência e o mercado local, já que não houve aviso público sobre as novas alterações entre os canais geridos pela Rede Pampa. Além da estreia da Rádio Pampa FM 97.5, a Eldorado foi deslocada para o canal 1020 AM (este que estava retransmitindo a 104 FM 104.1, também da Rede Pampa).


A estreia da Rádio Pampa em 97.5 FM causa a terceira mudança de projeto neste canal em menos de três anos. Em abril de 2014, a frequência deixou de operar como afiliada da rede Jovem Pan FM (marca que hoje está em 90.7 FM, através da afiliação com outro grupo gaúcho) e assumiu a programação da Eldorado (que antes operava em 96.7 FM). A trajetória da popular/eclética Eldorado em 97.5 FM foi encerrada às 23h59 de ontem (28) e, desde a meia-noite de hoje (1), o projeto ficou concentrado em 1020 AM.

Com a nova mudança entre canais da Rede Pampa, a Rádio Pampa retornou ao dial FM, projeto que teve uma passagem rápida em 96.7 FM entre 2014 e 2015 (também substituindo a Eldorado no canal, nas trocas que envolveram a saída da Jovem Pan FM). A Rádio Pampa permaneceu em FM até abril de 2015, quando foi substituída pela Liberdade em 96.7 FM (detalhe: desde dezembro de 2015 o canal transmite a atual Rádio Caiçara FM 96.7). 

A Rádio Pampa é uma rádio “News” da Rede Pampa, que continua também em 970 AM.


Fonte: Tudo Rádio

Ouvinte deixa Rony Magrini em situação embaraçosa na Rádio Globo


Rony Magrini passou por uma situação complicada no começo da madrugada deste sábado em seu programa Agito Geral.  Uma ouvinte entrou no ar para perguntar sobre dois assuntos delicados: o fim do programa matinal que Rony comandava, o A Hora é Agora, e a saída de Laércio Maciel da emissora. O comunicador até que respondeu de forma transparete, mas ela ficou surpresa quando ficou sabendo que Laércio não fazia mais parte do quadro de funcionários da emissora. “Meu Deus, o que está acontecendo! O que está acontecendo com a Rádio Globo, só tem programa do Rio?”, disse.

Rony até conseguiu mudar de assunto e perguntou à ouvinte sobre o desfile da Tom Maior, que abriu o Carnaval de São Paulo. No entanto, a ouvinte voltou a fazer um apelo para que o apresentador voltasse ao horário ao qual ela estava acostumada. O diálogo foi assim:

“Volta para as seis horas” disse ela .

“Mas isso não é comigo, é a diretoria que tem que…”, respondeu Rony.

“Fiquei triste, o Laércio Maciel saiu da Rádio Globo…”, lamentou a ouvinte.

“Deixa eu tocar meu bloco aqui, um beijo!”, disse o apresentador, encerrando assim a participação.

Ouça abaixo:


Por Rodney Brocanelli

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Fox oficializa saída da Sky e pede desculpas aos telespectadores.

Canais Fox são substituídos na Sky por "extra" da ESPN e batalha de robô.


Depois de adiar por duas vezes tentando uma solução, não teve jeito: a Fox retirou na noite deste domingo (5) todos os seus canais da Sky, a segunda maior operadora do país, com mais de cinco milhões de assinantes.

O fato, mesmo programado, pegou bastante gente de surpresa. Havia esperança de um desfecho feliz nas redes sociais, considerando que neste domingo o Fox Sports completou cinco anos de existência no Brasil - curiosamente, o sinal foi interrompido no meio de um jogo importante: Juventus x Inter, pelo Campeonato Italiano.

No total, foram 12 sinais de seis canais que foram substituídos por outros. A grande maioria por emissoras do grupo Discovery.

No lugar dos canais Fox Sports, nos números 26 e 27 em SD, entraram ESPN + e ESPN Extra. O primeiro passa eventos ao vivo, esportes americanos, tem programas fixos de games e alguns debates, como o "Olhar ESPNw", mesa com jornalistas e profissionais mulheres falando sobre o papel feminino no esporte.

Já o segundo nada mais é do que um canal disponível no Watch ESPN que reprisa atrações dos três canais principais da ESPN 24 horas por dia. É a primeira operadora em que ele entra e justamente neste momento delicado.

No tradicional canal 45 da Fox, entrou o Discovery Science, 100% dedicado à ciência e a curiosidades robóticas. Uma de suas atrações, por exemplo, é um campeonato de robôs de batalha (foto/acima), bem ao estilo do antigo anime "Meda Bots", um dos mais famosos nos anos 2000 aqui no Brasil.

No lugar do canal 47, antes do FX, entrou o Discovery Turbo, dedicado apenas ao automobilismo e esporte a motor. Em algumas operadoras, como a Vivo TV, ele é vendido como esportivo, mas não pode-se dizer isso. Seu foco é mais na parte técnica, sendo especialmente dedicado a quem gosta de carros, motos e veículos automotores.

Já no também tradicional canal 51, antes do National Geographic, entrou o Discovery Civilization, que é de fato uma versão do popular NatGeo, mas feita por outra programadora. O foco é o mesmo: documentários sobre história, curiosidades sobre o mundo, entre outras atrações "nerds".

Já no canal 93, que era do Fox Life, entrou uma versão SD do Discovery Theather, que tem apenas cobertura em HD nas operadoras. Ele exibe os melhores momentos da programação tradicional do Discovery Channel com alta qualidade de som e imagem.

Nos canais HD, algumas diferenças. No 226 do Fox Sports 2, entrou a versão em alta definição do TLC, canal de culinária e viagens do Discovery. No 227, uma versão HD do ESPN Extra. No 245, foi colocado o Discovery Science. No 247, saiu o FX e entrou a versão HD do ID, canal de crimes e mistério do Discovery.

Por fim, no 251, foi retirado o NatGeo e entrou a versão em alta definição do Discovery Civilization, e no 252, saiu o canal 2 em HD do NatGeo - chamado de Nat Geo Wild, que mostra apenas documentários sobre a vida animal - e entrou a versão HD do Animal Planet, que tem a mesma proposta.

Até o momento, Fox e Sky estão longe de uma volta. Valores e propósitos diferentes são as questões. Por enquanto, o assinante da operadora terá que se contentar com estes canais citados acima. Ou entrar em contato com a central de atendimento para negociar descontos ou até mesmo pedir o cancelamento, como muita gente vem dizendo que irão fazer.

Fonte:Na Telinha por Gabriel Vaquer

Dudu Camargo!

Dudu Camargo deixa a Super Rádio O site Notícias da TV, do jornalista Daniel Castro, publicou na manhã desta terça-feira a notícia da d...